Juventude da Igreja Batista da Liberdade vivencia um novo tempo

Juventude da Igreja Batista da Liberdade vivencia um novo tempo

Atualizado: Segunda-feira, 28 Fevereiro de 2011 as 3:48

Conhecida pela sua tradição e história a Igreja Batista da Liberdade foi a segunda igreja da denominação fundada na cidade de São Paulo e atualmente conta com uma estrutura orgânica de ministérios que visam buscar aqueles que ainda não conhecem a verdade.

E foi com o objetivo de dinamizar e aproveitar o potencial dos jovens e adolescentes que a liderança resolveu investir em um novo tempo e um novo espaço para eles. O planejamento e ações de mudança começaram em agosto de 2010 e após muita oração, reuniões e interação com os jovens membros da igreja o sonho do pastor de jovens, Edwin Ferraz e o líder do ministério Filipe Fernandes, tornou-se realidade e no último dia 19 de fevereiro um culto especial marcou o lançamento de uma nova realidade na vida da igreja.

Em entrevista ao GUIA-ME, Filipe Fernandes, relembra como tudo começou e conta sobre os novos projetos para a juventude.

Guia-me: Como foi o planejamento para esse novo tempo na juventude da Liberdade?

Em agosto de 2010, eu e Edwin, meu pastor, estávamos em uma situação um tanto difícil. Olhávamos para nosso trabalho com jovens e víamos que não conseguíamos alcançar o que tínhamos sonhado, foi aí que percebemos que o problema não se tratava de sonhos meus ou dele. A sacada mais simples e óbvia que um líder deve ter é que seu ministério não se baseia nos seus sonhos, mas nos sonhos de Deus.

Apesar de alguns adotarem um discurso de que Deus não interfere eu acredito que Ele transforma sim e Deus trabalhou primeiro em mim, e no Edwin, e foi a partir daí que tudo começou. Foi a partir daí que juntamos uns dez jovens e falamos sobre o termo "Um Novo Tempo", que é seguido da frase "de busca intensa pela vontade de Deus". Tratamos de colocar na cabeça deles que Deus estava nos dando uma nova chance de fazer as coisas darem certo. E nem precisamos nos esforçar muito, porque o grupo que está nisso desde o começo, é firme demais com Deus. Começamos então a nos reunir pra orar e buscar o que Deus queria. E foi aí que as coisas começaram a dar certo.

Guia-me: Como a igreja ajudou na criação deste espaço?

O mais importante primeiro é entender que "Um Novo Tempo" não se trata de um novo espaço, ou "um novo templo". É muito mais que isso. Um ministério que depende de paredes pra funcionar pode ter certeza que está se condenado. Quem freqüentava nossas reuniões um tempo atrás encontrava uma salinha apertada e nada atrativa. Deus fez uma algo acontecer conosco antes de dar esse espaço novo para os jovens, que já pediam um espaço próprio para a igreja há muito tempo. Mas antes disso acontecer, Deus trabalhou justamente a questão de que não precisamos de um espaço físico, e sim de dependência dEle. Depois de entender isso, pensamos no novo espaço.

Tenho orgulho de falar da minha igreja. O pastor Eli Fernandes, e também meu pai, nos apoiou desde o início e também confiou em nosso projeto e fez algo que igreja nenhuma faz: permitiu realizar um culto aos domingos só para jovens, em um espaço separado. Fizeram isso confiando que um modelo diferente, fugindo da liturgia tradicional atrairia mais jovens, e pessoas que talvez não se encaixariam no outro modelo mais litúrgico, para Jesus. Além disso, a igreja nos deu todo o apoio financeiro, espiritual e fizeram as coisas fluírem como se fossemos família, de fato. Sem nossa igreja, não estaríamos agradecendo por tudo isso hoje.

Guia-me: Quais os projetos e expectativas para esse ano?

Queremos encher aquele espaço com jovens que não conhecem a Deus. Não temos a mínima pretensão de arrastar jovens de outras igrejas. Não queremos ser mais um clubinho gospel, muito menos um ponto de encontro. Nosso ministério tem procurado ser relevante fora dos domingos, ou daquele momento que alguns chamam de culto. Temos projetos sociais acontecendo, e muitos mais para acontecer e também a rede de pequenos grupo. Nosso alvo para esse ano é de vinte e cinco pequenos grupos se reunindo durante a semana para comunhão e estudo da palavra .Aquele momento de domingo é apenas um instante em que nos reunimos para agradecer a Deus pelo que Ele faz nas nos pequenos grupos e projetos do "Um Novo Tempo".

Guia-me:  O que os jovens da igreja acharam desse novo espaço? Você acredita que essa preocupação em criar um ambiente especial vai ajudar no fortalecimento espiritual do grupo?

Nós todos achamos esse espaço novo maravilhoso. Ele tem a nossa cara. Mas se eu acredito que o ambiente vai fortalecer o grupo espiritualmente? Não, eu não creio. Continuo dizendo. O que fortalece um ministério é a verticalidade e horizontalidade do processo. Consiste em como nos relacionamos com Deus e com nossos irmãos. Tudo está fundamentado em relacionamento, seja com irmãos, pessoas que precisam de nós, e com Deus.

Guia-me: Qual a importância dos jovens na vida de uma igreja?

Toda. Os jovens são o futuro da nação. Se eles não fizerem parte dos planos de uma igreja, essa igreja estará fadada ao fracasso. E não só jovens. Nossa igreja está atentamente ligada e voltando suas atenções para crianças, juniores, adolescentes e jovens. Estou escrevendo um livro que devo terminar esse ano. "Primeira carta de Filipe aos Batistas" que fala exatamente sobre o desastre nas igrejas da Europa e EUA. A tradição expulsou de forma grosseira os jovens das igrejas dos lados de lá. Na minha última visita ao Texas, pude ver as igrejas Batistas com auditórios inteiros de cabecinhas brancas, sem um jovem se quer. Em Los Angeles, enquanto procurava alguma coisa pra comer de madrugada, achei um grupo de jovens em frente a um museu maravilhoso. Alguns tomavam uma cerveja, outros apenas curtiam um som que uma banda de blues fazia enquanto aquilo tudo rolava ali. Foi então que descobri que aquele museu era uma igreja. Os últimos dois membros haviam falecido e a igreja estava sendo alugada para shows culturais de sábado à noite. Então você me pergunta qual a importância de jovens na vida de uma igreja, e eu te respondo que eles a fazem ter vida.

Guia-me: Quais os dias e horários dos cultos?

Nossos cultos acontecem aos domingos, às 17h. Para conhecer mais sobre nosso projeto acompanhe pelo twitter ( @um_novotempo ) ou nos envie um email: [email protected] .

Por Pollyanna Mattos

veja também