Konkombas no Brasil

Konkombas no Brasil

Atualizado: Segunda-feira, 30 Agosto de 2010 as 2:45

urante este mês, está no Brasil, uma dupla de presbiterianos, resultado da ação missionária da IPB no continente africano. Tratam-se dos irmãos Labuer e Makandá, líderes da Igreja Presbiteriana Konkomba, em Gana, noroeste africano. Eles permanecem aqui até o dia nove de setembro.

Frutos do trabalho missionário do reverendo Ronaldo Lidório e sua esposa, Rossana, os dois cumprem extensa agenda de visitas a diversas igrejas presbiterianas brasileiras.  De acordo com o reverendo Lidório, eles participarão de conferências missionárias na maioria dos templos em que estiverem presentes.

Sobre os konkombas Os Konkombas formam uma nação tribal que habita o nordeste de Gana, noroeste africano, onde são faladas 8 principais idiomas subdivididos em 23 dialetos. Todas essas etnias são denominadas pelo governo de Gana como "Konkombas" e algumas outras como "Kombas", sendo porém estes nomes alienígenas às próprias tribos.

Desde 1994 o casal de missionários Ronaldo e Rossana Lidório está envolvido no propósito de alcançar um ramo da tribo Konkomba, que se intitula Bimonkpelns (ou "homens que vivem"), na região de Koni ao nordeste de Gana.

Em 2006 foram contabilizadas 23 igrejas. Até o momento, foram treinados biblicamente cinco evangelistas e 30 presbíteros. Outros 60 líderes estão em treinamento através de cursos de vida cristã que estão sendo ministrados pelos evangelistas. No total, 87 líderes estão ativos nas diversas igrejas e ministérios, sendo apenas os cinco evangelistas sustentados pela Igreja e com tempo integral para o trabalho. Labuer e Makandá, que visitam o Brasil e testemunham sobre o trabalho presbiterianos realizado em sua cidade natal, fazem parte deste grupo que já está apto a  contribuir para a propagação do Evangelho.

veja também