Ladrões se passam por evangélicos e tentam enganar a polícia

Ladrões se passam por evangélicos e tentam enganar a polícia

Atualizado: Terça-feira, 7 Abril de 2009 as 12

Quatro homens assaltaram na manhã desta segunda-feira, 6 de abril, um mini-sacolão no Parque Vitória Régia. Eles se passaram por evangélicos para tentar confundir a polícia. Ao serem presos, constatou-se que vestiam calça jeans e, por baixo, calça social. No porta-malas do carro utilizado no assalto foram encontrados vários paletós, que seriam os disfarces da quadrilha.

Os quatro ladrões entraram no estabelecimento e renderam um comerciante de 69 anos. O idoso entrou em luta corporal com um dos bandidos, mas foi imobilizado com uma faca no pescoço. Ao todo, foram levados R$ 140 em dinheiro.

Testemunhas informaram à Polícia Militar que o bando havia escapado em um Vectra preto, levando também duas garotas. Com essas informações os militares chegaram a um dos criminosos, que cortava o cabelo em um salão no Parque Vitória Régia. Ao ser abordado, ele alegou que era evangélico e vinha de Carapicuíba para participar de celebrações religiosas em Sorocaba.

Os demais membros do grupo foram encontrados no mesmo bairro, assim como o veículo que utilizavam. Eles contaram a mesma versão aos policiais: eram evangélicos e estavam na cidade para ir aos cultos. Um dos criminosos, que se identificou como sendo da igreja Congregação Cristã do Brasil, caiu em contradição quando foi questionado por um policial evangélico sobre a saudação utilizada entre os os membros dessa igreja'. O bandido respondeu que o cumprimento dos 'irmãos' seria "paz do senhor", a expressão correta, segundo o policial, é "paz de Deus".

Eles foram presos por roubo. As duas meninas, ambas de 16 anos - sendo uma delas irmã de um dos presos - foram levadas à delegacia e liberadas. Segundo a polícia, o Vectra utilizado na fuga foi roubado há três dias no município de Jandira.

veja também