Lateral do São Paulo agradece a Deus pela temporada no futebol

Lateral do São Paulo agradece a Deus pela temporada no futebol

Atualizado: Quarta-feira, 21 Dezembro de 2011 as 8:48

O lateral e evangélico Cortês, que joga a temporada 2012 no São Paulo Futebol Clube, fala um pouco da sua gratidão a Deus e as pessoas que Ele colocou em seu caminho para o ajudar e diz: “grudar na pessoa no momento bom é mole, quero ver no momento ruim”-

Cortês teve uma temporada de 2011 inesquecível. O lateral-esquerdo, que começou o ano no Nova Iguaçu, transferiu-se para oBotafogo, foi à seleção brasileira e garantiu o prêmio de melhor da posição no Campeonato Brasileiro. Agora, de malas prontas para defender o São Paulo, tentar manter a sua marca registrada: a simplicidade.

O camisa 6 revela que continua fazendo exatamente as mesmas coisas de que quando estava no Quissamã, no início da carreira. “Não gosto de inventar. Faço hoje o que sempre fiz na minha vida. Tenho minha mulher, vou numa pizzaria, não gosto de mudar em nada. Se está dando certo para que mudar? Por eu estar no Botafogo realmente algumas coisas ficaram mais fáceis, mas eu gosto de coisas simples. Eu não mudei, continuo a mesma pessoa”, garante.

Mas algumas coisas mudaram. Há um mês o jogador comprou o seu primeiro carro importado. Bem diferente da bicicleta que usava para chegar ao treinamento.

“Quando tinha 17 anos eu treinava em um CT lá em Campo Grande, no Arthurzinho, eu ia de bicicleta da minha casa. Dava mais ou menos uns 40 minutos de pedalada. Já chegava no treino como? Na pressão! Era só correr depois (risos)”, brincou.

“Meu primeiro carro foi um Honda Fit. Agora comprei o Sportagge, quer dizer o ‘sCORTEge’ (risos).”, disse, para revelar que o maior presente que pôde se dar não foi o carro importado, mas sim uma casa própria.

“Sempre pedi a Deus para me ajudar a comprar minha casa e isso eu consegui fazer. Não tem presente melhor do que você ter sua casa própria. É diferente você chegar do treino cansado, descansar, ficar na sua sala assistindo TV. Tenho que agradecer a todas as pessoas que sempre estiveram do meu lado, que estão comigo desde os momentos de dificuldade, porque você grudar na pessoa no momento bom é mole, quero ver no momento ruim, quando você não tinha nada, que passava dificuldade, andava descalço na rua. Agradeço a Deus sempre pelas pessoas que ele colocou no meu caminho”, afirmou.

Segundo o jogador, uma dessas pessoas é sua esposa Juliana, com quem se casou em agosto de 2011 no Habib’s de Campo Grande. Cortês revelou que a companheira o ajudou muito desde que estão juntos, principalmente quando acertou com o Botafogo.

“Ficava treinando em casa com minha esposa sobre o que eu falaria para a imprensa. Não estava acostumado, porque time pequeno a imprensa não aparece direto. Eu ficava treinando em casa, aí minha esposa falava ‘corta que tá errado’. Isso não aconteceu uma vez não, foram várias (risos)”, se diverte.

Mesmo sem confirmar sua ida para o São Paulo, Cortês já fala em tom de despedida e demonstra toda sua gratidão com o Alvinegro, que o projetou no cenário mundial.

“Toda vez que vou dormir me ajoelho na cama e agradeço muito a Deus, pois ele está sendo muito bom na minha vida. Passei por vários clubes pequenos e esse ano tive a oportunidade de jogar por um clube muito grande como o Botafogo. Se estou aqui hoje, devo muito ao Botafogo. Foi um ano maravilhoso para mim”, encerrou.

Veja testemunho do Cortês:

  Com informações do Uol

veja também