Levantamento oficial aponta mais de 23 milhões de cristãos na China

Levantamento oficial aponta mais de 23 milhões de cristãos na China

Atualizado: Quinta-feira, 12 Agosto de 2010 as 4:40

Os cristãos na China alcançam um pouco mais de 23 milhões, de acordo com os resultados do de um levantamento realizado no país, tornando o cristianismo a primeira féoficial do país comunista.

Esse valor corresponde a apenas 1,8% da população total, que representa 73 por cento da população religiosa da China. Os números foram contidos no recém-publicado Blue Book on China Religions, compilado pela Academia Chinesa de Ciências Sociais, uma unidade acadêmica sob o controle do governo chinês, de acordo com o China Daily.

A Academia analisou as respostas de mais de 60.000 questionários realizados em mais de 300 municípios em todao país. Entre os cristãos entrevistados, 69% delas disseram que tinham se convertido ao cristianismo, porque eles ou seus familiares tinham adoecido ; 70% dos descrevendo-se como cristãos eram do sexo feminino e 67% de todosos cristãos entrevistados disseram que tinham sido batizados.

A instituição atribuiu o crescimento à reforma da sociedade ao longo das últimas três décadas, com 73% de cristãos chineses que aderiram à igreja depois de 1993, e apenas 18%, tendo se unido à igreja, entre 1982 e 1992. "Estas estatísticas indicam claramente que o períodode 30 anos de reforma e abertura, tem sido um período derápido desenvolvimento para a sociedade chinesa e da igreja chinesa" diz Xianwei Fu, que comanda o órgão que assegura as igrejas que seguem os interesses do Estado,em entrevista ao China Daily.

Os pesquisadores observaram uma mudança na demografiada igreja, com os mais jovens, intelectuais e profissionais além de um aumento correspondente no número de igrejas, que são agora mais de 55.000. Eles também percebera  que, embora a igreja tinha crescido, as comunidades cristãs continuam a ser marginalizados na sociedade.

A Academia Chinesa de Ciências Sociais, disse em seu site que o cristianismo atrai principalmente pessoas combaixo status social, incluindo os pobres, as mulheres e os idosos.O site diz também que, embora 50% dos cristãostinham completado a educação primária, apenas 2,6% delesatingiu o ensino universitário ou superior.

Há diferentes estimativas sobre o número total de cristãos na China já que existe um grande número de  não registradas podendo elevar os números em  40 a 130 milhões de cristãos no país.

veja também