Líder cristão incentiva a Igreja a falar sobre abuso sexual

Líder cristão incentiva a Igreja a falar sobre abuso sexual

Atualizado: Sexta-feira, 29 Junho de 2012 as 9:31

Casos de abuso sexual envolvendo líderes religiosos, tanto evangélicos quanto católicos, já foram vistos em diversos noticiários.

O fato é que o abuso sexual pode acontecer em qualquer lugar, até mesmo na igreja.

Eduardo Rocha, Presidente da Associação de Amigos da Missão Infantil, evangélico que já sofreu abuso sexual quando criança, falou em entrevista ao The Christian Post sobre o papel da igreja quanto ao tema bem como ofereceu conselhos aos que já sofreram de abuso sexual.

Orar e tomar ações preventivas são as primeiras dicas de Eduardo. Ele frisa o papel fundamental que os líderes religiosos têm e que devem promover debates, conversar com os pais e as crianças, e orientá-los sobre o assunto.

O presidente da Associação de Amigos da Missão Infantil não acredita que casos de pedofilia dentro da igreja estejam acontecendo com frequência, mas alerta que os cuidados preventivos devem ser iguais em todos os lugares.

Falar sobre sexo e abuso sexo devia ser mais frequente na igreja, segundo ele. “Devemos falar sobre estes assuntos com franqueza e autoridade, compreendendo que para Deus e em sua Palavra existe esta importância para o tema”.

Às pessoas que, assim como ele, sofreram abuso sexual, Eduardo aconselha que busquem alguém de confiança que tenha maturidade para tratar do assunto, e também que perdoem o agressor, pois é parte importante na superação do trauma.

Leia também:

"Deus estava com eles", diz CR7 sobre derrota para a Espanha

Festival Promessas Minas reúne 5 mil pessoas em Belo Horizonte


com informações do christian post

veja também