Liderança metodista dos EUA morre no Haiti

Liderança metodista dos EUA morre no Haiti

Atualizado: Segunda-feira, 18 Janeiro de 2010 as 12

O Rev. Dr. Sam Dixon, diretor da agência de socorro humanitário da Igreja Metodista Unida (EUA), morreu antes que pudesse ser resgatado das ruínas de um hotel destruído pelo terremoto que abalou o Haiti no dia 12 de janeiro. Funcionário executivo do Comitê Metodista Unido de Socorro (UMCOR, United Methodist Committee on Relief), Dixon fazia parte de um grupo de especialistas em missão e socorro aprisionados pelo colapso do Hotel Montana. Outras pessoas no grupo de cinco, incluindo dois outros da Junta Geral de Ministérios Globais, foram resgatadas e retornaram aos Estados Unidos na manhã do dia 16. O grupo ficou preso por mais de 55 horas.

As notícias eram as de que Dixon ainda estava vivo na manhã do dia 15. A confirmação de sua morte, antes do resgate, foi enviada à Junta por diversas fontes, incluindo testemunhas oculares de uma casa de hospedagem metodista em Porto Príncipe, onde Dixon e seus colegas estavam hospedados. Ele, o Rev. Clint Rabb, diretor do escritório metodista unido de voluntários em missão, e o Rev. James Gulley, um ex-missionario e atualmente consultor do UMCOR, estavam no hotel para uma reunião com representantes de outras organizações traçando planos para melhorar os serviços médicos no Haiti.

"Sam Dixon era um incansável servo da igreja de Jesus, representando a todos nós," disse o bispo Joel N. Martinez, secretário geral interino da Junta Geral de Ministérios Globais. "Sua morte é uma perda incalculável para a Junta, para o UMCOR e nosso ministério mundial de socorro aos filhos mais vulneráveis de Deus. Nossos diretores e funcionários enviam suas condolências a sua esposa Cindy, seus filhos e seu amplo círculo de amigos e colegas."

A bispa Janice Huie, do Texas, presidente do UMCOR, disse que Dixon "era um ministro do evangelho notavelmente cheio de dons. Ele viveu sua vida seguindo os mandamentos de Jesus de alimentar os famintos, cuidar dos enfermos e amar os pequeninos de todo o mundo. Jesus o tem sob seu carinho e estamos em oração por sua família."

Dixon nasceu na Carolina do Norte, onde serviu por 24 anos como pastor. Veio para a Junta de Ministérios Globais em 1998 para servir como diretor de operações de campo do setor da agência não governamental (ONG) do UMCOR. Tornou-se depois diretor do Fundo de Desenvolvimento Metodista Unido, foi promovido para ser o diretor da unidade sobre Evangelização e Crescimento da Igreja e chamado a dirigir o UMCOR em 2007. Oficialmente ele era um secretário geral assistente da Junta Geral de Ministérios Globais designado para o UMCOR, onde supervisionava programas de socorro de emergência, recuperação a longo prazo de desastres, desenvolvimento econômico, serviços de saúde e construção da paz.

Dixon foi formado pela Universidade da Carolina do Norte e pelo Seminário Teológico de Chicago. Era membro do Concílio Regional da Carolina do Norte. Ele e sua esposa têm quatro filhos e dois netos. Sobrevivem sua mãe e três irmãs.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também