Líderes Adventistas de São Paulo se consagram para plantação igrejas

Líderes Adventistas de São Paulo se consagram para plantação igrejas

Atualizado: Quinta-feira, 24 Fevereiro de 2011 as 8:50

A igreja Adventista no Estado de São Paulo tem se mobilizado para o projeto de plantação de igrejas. Somando todas as áreas, o objetivo da Igreja Adventista em São Paulo é ter 223 novas congregações no final do ano.

Para tal alcançar esta meta, na manhã de terça-feira, 22 de fevereiro, a liderança de cada região do Estado de São Paulo se reuniu para planejar as atividades.

Segundo o pastor Domingos José de Sousa, líder da igreja em São Paulo, a intenção é não só plantar igrejas, mas também fortalecer os grupos já existentes e que carecem de uma ação revitalizadora. “Para organizar o trabalho foi realizada uma pesquisa de crescimento de igrejas em São Paulo, e vimos alguns dados que são preocupantes, por isso temos que fortalecer os pequenos grupos e motivar os membros ao trabalho”, afirma.

A cada mês atividades específicas serão realizadas, fortalecendo programas da igreja, como evangelismo integrado, duplas missionárias, pequenos grupos, classes bíblicas, escola cristã de férias, missão calebe, ações comunitárias, entre outras.

Para o pastor Ronaldo de Oliveira, líder da igreja na região do Vale do Paraíba, é de extrema importância realizar o trabalho não só dentro da igreja, mas sim na comunidade a qual ela pertence. “O crescimento de uma igreja não se mede somente pelo o aumento de números de membros, mas sim pela transformação ocorrida na comunidade. Orar pela comunidade, ajudar de várias maneiras, realizando ações conjuntas, dentro e fora da igreja é fundamental para o desenvolvimento” diz o pasto Ronaldo.

É perceptível nos encontros a consagração e a união que os campos têm para que neste tempo, quando a igreja está progredindo unida e quebrando paradigmas, exista uma preparação para enfrentar desafios na Missão Global.

veja também