Líderes cristãos participam de Workshop da Franklin Covey Brasil

Líderes cristãos participam de Workshop da Franklin Covey Brasil

Atualizado: Sexta-feira, 15 Abril de 2011 as 11:33

Em março, administradores, departamentais, departamentais das áreas Educacional e Publicações, pastores distritais das maiores igrejas e líderes das sedes administrativas regionais da União Centro-Oeste Brasileira (UCOB), participaram do Workshop de Liderança: “Grandes Líderes, Grandes Equipes, Grandes Resultados”, promovido pela Franklin Covey Brasil. A empresa multinacional oferece treinamentos e consultoria para líderes, indivíduos e organizações. Stephen Covey, autor do best-seller “Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes”, é o criador da empresa que está presente em 95 países.

Mais de 35 participantes aprenderam que inspirar confiança, esclarecer propósitos, alinhar sistemas e liberar talentos faz toda a diferença para o engajamento de uma equipe. Josmar Arrais, consultor e facilitador da Franklin Covey Brasil, ministrou o workshop e garante que os resultados vem quando a pirâmide é invertida. “Com uma administração centralizadora, não teremos resultado. E eles entenderam que para prosseguir com o que já tem sido feito é necessária essa mudança”, conta ele.

Ao trazer os princípios do mundo corporativo para a igreja, ele garante que o mundo cristão está redescobrindo aquilo que já era dele. “São pessoas que estão na era da informação e do conhecimento que querem líderes que as tratem como pessoas integrais e que as engajem, dêem autonomia, que busquem a excelência, que propiciem um propósito claro e com isso a diferença é tremenda”, garante. Para isso, ele propõe ouvir a mais a liderança local da igreja. “Eles vão ajudar a administração a estabelecer as metas e separar o que é crucialmente importante de um monte de projetos e expectativas que nem sempre é o que a UCOB precisa”, finaliza Arrais.

Jairo Torres é presidente da Associação Planalto Central (APLAC), e garante que sua equipe saiu impressionada. “O fato de que é possível conciliar uma visão de crescimento no mundo empresarial e aplicar a Igreja Adventista me impressionou. Nós falamos sobre valores, e nosso crescimento precisa ser baseado em valores. O desafio que nós temos agora é justamente de sentar e analisar para reproduzir isso dentro da visão do discipulado. Foi um dos melhores treinamentos que participei ao longo da vida e acredito que nós traduziremos isso em ações concretas que tragam benefício para nossa igreja em nossa região”, enfatiza Torres.

Alex Ramos é tesoureiro assistente na área de Educação e Serviço Educacional Lar e Saúde (SELS) da UCOB e trabalha para a Igreja Adventista há 11 anos. Ele garante que o encontro foi importante para auxiliar no trabalho prático. “Nas práticas de grupos discutimos processos que envolviam a igreja, as dificuldades e habilidades que temos ou precisamos melhorar, isso nos forçava a pensar e achar soluções para melhorar nossos processos”, explica ele. “Na ferramenta caráter + competência, uma frase que me marcou muito: ‘Um bom líder precisa ter caráter e competência, se tiver que abrir mão de um destes que seja da competência.’ Refleti nisso, e com essa ferramenta posso desenvolver credibilidade e confiança”, assegura.

Para Jairo dos Anjos, tesoureiro da UCOB é preciso ouvir o mundo corporativo tem utilizado para aperfeiçoar o mundo dentro da organização. “Sabemos que é desígnio de Deus que o homem progrida sempre, atingindo cada dia um nível elevado na escala da excelência”, explica ele. “E seguindo essa premissa a UCOB tem direcionado nestes últimos anos seus recursos na formação de liderança na área técnica, ministerial, pois cremos que uma liderança que desenvolve conhecimento, que esteja firme na fé, e defende os princípios da igreja, conseguirá levar a organização a um alto nível de crescimento”, acrescenta Anjos.

Segundo, geralmente a missão é bem definida e somos eficazes na motivação, mas é necessário aperfeiçoar o foco e a execução ter resultados saudáveis. “Todos os dias temos oportunidades extraordinárias de fazer o melhor para essa igreja, se estivermos preparados para essas oportunidades com certeza cumpriremos nossa missão de forma muito mais rápida”, finaliza.  

veja também