Literatura cristã cresce e aparece

Literatura cristã cresce e aparece

Atualizado: Quarta-feira, 18 Agosto de 2010 as 4:34

Os editores cristãos estão ocupando o segundo maior espaço de exposição na 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo.

O crescimento do mercado é atestado não só pela presença das editoras do segmento na feira, mas também por uma pesquisa recente da (FIPE/USP), segundo a qual as obras religiosas alcançaram o patamar de 50,2 milhões de exemplares vendidos num montante arrecadado de R$ 321,2 milhões. De acordo com especialistas no setor foi um crescimento de dois dígitos em relação ao ano anterior.

A pesquisa não define os matizes religiosos, mas dá uma noção do quanto se lê no mercado editorial cristão. Por outro lado, uma pesquisa realizada pela Associação de Editores Cristãos (Asec), a movimentação de livros evangélicos arrecadou mais de R$ 240 milhões nos últimos anos.

Quem visita a Bienal em São Paulo pode notar a velocidade de crescimento do mercado cristão e observar de perto que o avanço aconteceu também na qualidade editorial, visual e gráfica dos produtos. Nesse contexto, a Casa Publicadora das Assembleias de Deus CPAD está presente à Bienal por meio de um moderno estande onde os clássicos da editora estão em exposição e à venda com preços muito especiais.

Além disso, há muitas atividades no estandes para o visitante participar, como por exemplo, a narração das mais belas histórias da Bíblia com o apoio de bonecos e fantoches. "Achei que foi uma iniciativa muito boa da editora. As crianças gostaram bastante. Houve uma boa sintonia com a professora Anita", declarou a professora Luciana de Souza da Escola Paulo Freire. "Foi muito legal", balbuciou o tímido Leonardo Silva, de 7 anos.

A Bienal teve início no dia 12 e vai até o dia 22 de agosto, das 10h00 às 22h00 no Anhembi, capital paulista.

veja também