Livro: Como ser bem sucedido na vida profissional

Livro: Como ser bem sucedido na vida profissional

Atualizado: Quinta-feira, 12 Maio de 2011 as 8:35

O desemprego é um problema mundial que tem feito muitas pessoas repensarem suas atitudes. A competição no mercado de trabalho tem causado uma seleção natural onde somente os melhores sobrevivem.

Como vencer o desemprego? Como atingir os mais altos cargos de uma empresa? Como conseguir estabilidade no emprego? Como ter uma vida profissional bem-sucedida? Essas são apenas algumas perguntas que vivem na mente de milhões de brasileiros que disputam as oportunidades e os empregos cada vez mais escassos no mercado de trabalho. No livro ‘Como ser bem - sucedido na vida profissional’, o autor esclarece as atitudes que fazem a diferença. Os que pensam que acharão receitas prontas e fáceis para se obter o sucesso estão muito enganados. O sucesso é conquistado com suor, dedicação e amor pelo que faz.

Todos querem viver uma vida digna mas infelizmente nem todos querem se esforçar para isso. O ensino fundamental e médio no Brasil é precário e muitos são obrigados a pagar altas mensalidades em instituições particulares para conseguir dar uma boa formação aos filhos. O ensino público gratuito infelizmente não consegue cumprir os programas estabelecidos pelo Ministério da Educação e os alunos, na maioria dos casos, terminam seus estudos sem condições de ingressar numa Universidade. Para passar no vestibular para uma boa Universidade é necessário recorrer a um curso pré-vestibular. E assim é a luta dos brasileiros.

Como se não bastassem todas as dificuldades para se obter uma boa formação educacional ainda existem aqueles que simplesmente querem terminar seus estudos sem se preocupar muito em aprender. Esses são os que reclamam que as empresas estão muito exigentes quando na verdade foram eles que nunca se esforçaram. Pensam que vão conseguir um bom emprego na sorte. Acham que o ensino fundamental e médio é o suficiente e apenas conseguem aquele emprego chato onde se contam as horas para o final do expediente e que se trabalha fim de semana, feriado, madrugada e não sobra tempo para estudar.

Existem aqueles que até fazem uma faculdade mas nada muito difícil, afinal eles querem somente o diploma. Escolhe aquela instituição que não exige muito, que dá para ir levando e no final todo mundo passa. No entanto, essas mesmas pessoas quando vão a um médico não querem o inexperiente, não vão a um dentista que seja estagiário e são as primeiras a reclamar quando o profissional de alguma área não é bom e dedicado no que faz. Na realidade, muitos que reclamam da situação no Brasil na verdade não estão fazendo nada para mudá-la, apenas ficam esperando que o governo resolva seus problemas.

Na obra ‘Como ser bem-sucedido na vida profissional’, o autor orienta como proceder no ambiente de trabalho para que através de uma conduta profissional irrepreensível aliada a qualificação profissional através de cursos de aperfeiçoamento e constantes atualizações, a pessoa possa então galgar os degraus do sucesso. Cada vez mais são lançados revistas e livros assim como vários artigos de jornais enaltecendo a responsabilidade, a honestidade, a pontualidade e a correção de atitudes. Cada vez mais a prática dos valores cristãos escritos na Bíblia Sagrada têm sido responsáveis por revelar os melhores funcionários.

Temos visto funcionários “robôs” em muitas empresas cumprindo normas e regulamentos como por exemplo tratar bem o cliente, sorrir e ser simpático, porém estão apenas cumprindo ordens para se manterem empregados. O bom profissional é aquele que ama o que faz e se esforça para realizar suas atividades cada vez melhor. Os dedicados acabam se destacando dos demais e naturalmente alcançam cargos melhores. E aqueles que porventura conseguiram cargos melhores sem méritos, a tendência é que não permaneçam pois suas atitudes são forçadas e muitos acabam até pedindo para sair. Se porventura os dedicados não são promovidos, na função que desempenham acabam até por suplantar seus superiores porque a pessoa é naturalmente eficiente naquilo que faz.

O autor também relata as atitudes que atrapalham o crescimento profissional e que são responsáveis pela demissão de muitos imprudentes. Muito mais do que um livro de informações, essa obra é uma reflexão para o trabalhador brasileiro saber como agir corretamente. No entanto, a mudança de conduta não deve ser apenas para impressionar o chefe ou para conseguir um cargo melhor, e sim fruto de uma vontade de crescer profissionalmente e não aceitar ser mais um rosto na multidão de trabalhadores brasileiros.

Leia e tome a decisão.    

veja também