Londres: IURD é proibida de transformar cinema de Hitchcock em templo

Londres: IURD é proibida de transformar cinema de Hitchcock em templo

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2011 as 10:48

Vereadores de Londres decidiram que a Iurd (Igreja Universal do Reino de Deus) não pode transformar em templo o prédio onde funcionou um cinema, o EMD, que foi frequentado pelo cineasta Alfred Hitchcock quando era criança.

A Universal comprou o imóvel em 2003 na região de Walthamstow, onde há uma estação de metrô e um conhecido mercado, e até agora não pôde utilizá-lo.

Quando houve o negócio, a McGuffin Film Society, atores e fãs de cinema se mobilizaram para tentar convencer a prefeitura a comprar o imóvel, reformando-o em um tributo ao cineasta. O diretor de Psicose, entre outros clássicos, pegou gosto pela arte ao frequentar aquele cinema.

Até que a Universal  o comprasse, o prédio estava abandonado, em péssimo estado de conservação, sendo invadido com frequência por sem tetos.

A campanha para que o Walthmastow EM Cinema não virasse um templo obteve a adesão de Mick Jagger, que ali se apresentou com a banda Rolling Stone nos anos 60.

A decisão dos vereadores mantém o impasse: o prédio continua sendo da igreja, mas ela não pode usá-lo para cultos.

O pastor Paul Hill disse que já “esperava” a decisão desfavorável e anunciou que vai recorrer dela. “Nós nunca seremos capaz de apaziguar aqueles que se opõem aos nossos planos.”

veja também