Louvorzão reúne detentos em Itaitinga - CE

Louvorzão reúne detentos em Itaitinga - CE

Atualizado: Quarta-feira, 10 Março de 2010 as 12

No title Palmas entoando a presença de Deus, cantos de esperança, 300 detentos proferindo sua fé e vários comentários: "Aleluia! Deus está aqui!". Assim foi a manhã do último sábado, dia 6. O cenário descrito é a Casa de Privação Provisória de Liberdade Professor Clodoaldo Pinto, em Itaitinga (CE). O calor da empolgação, não lembrava aos presos que eles estavam por detrás das grades, cercas elétricas e muros altos.

Em sua primeira edição, o show gospel foi marcado por músicas e testemunhos de ex-prisioneiros. Os presentes estavam emocionados com este ato de fé, e também de estarem ao lado de suas companheiras. Contudo, apenas 80 encarcerados estavam acompanhados. A diarista Cleide Nascimento, 27 anos, ao lado de seu marido, comentou que há três meses o casal têm conhecido uma realidade diferente da que viviam e observa isso como transformação de vida, pois de acordo com Cleide, essa mudança está em Deus.

Segundo a diretora da unidade, capitã Keydna Alves Lima Carneiro, o objetivo foi fazer uma surpresa aos detentos. Para garantir a tranquilidade do acontecimento, bem como a segurança de uma ampla assistência reunida na quadra de esportes, contou com 20 agentes prisionais que atuaram na parte interna, contou-se ainda com as presenças de 15 policiais militares e mais os efetivos da Unidade de Apoio Penitenciário.

Realizado pela Igreja Batista Central (IBC) o evento contou com o apoio da Igreja Universal e a Assembleia de Deus. Na ocasião, o secretário de Justiça e Cidadania do Estado, Marcos Cals, ressaltou a importância do evento e afirmou que esta é uma estratégia de recuperar a cidadania dos presos. "Assim quando sairem daqui eles possam olhar para a sociedade de cabeça erguida sem dever nada a Justiça. Quem errou, que não erre mais. Quem roubou não roube mais. Segure na mão de Deus e vai", afirmou o secretário. Para Cals,  é preciso também oferecer aos detentos capacitação profissional.

Projeto Renascer. O Projeto Renascer  desenvolve um trabalho de ressocialização e restauração da Rua ‘B’, através do Conselho da Solidariedade e da Sinceridade. Atualmente a unidade abriga 850 presos provisórios.

Por Denise Marçal

veja também