Luis Palau prega o Evangelho no Vietnã

Luis Palau prega o Evangelho no Vietnã

Atualizado: Quinta-feira, 14 Abril de 2011 as 9:15

Os líderes da igreja vietnamita estavam trabalhando com funcionários do governo até o dia do festival evangelístico para obter permissão para o Festival Luis Palau . E no sábado, três horas antes do evento começar, eles receberam permissão para realizar o festival em um estádio de futebol em vez de em um campo aberto, como solicitado.Em um comunicado segunda-feira (11) Luis Palau disse. "A comunidade cristã aqui é tão apaixonada, patriótica, otimista, e tão animada para o futuro da nação. Nós amamos o Vietnã e estamos muito felizes. Estamos ansiosos para muitos anos de serviço à nação".Palau, acompanhado pelo seu filho Andrew Palau, pregou no festival na cidade de Ho Chi Minh City (antiga Saigon) para marcar a celebração da nação de 100 anos da igreja protestante no Vietnã. Milhares de pessoas assumiram o compromisso de Jesus Cristo, segundo a Associação Luis Palau.Foi à primeira vez na história do Vietnã que um líder internacional cristão pregou o Evangelho a um público para tantas pessoas desde 1975, quando o país se tornou comunista."Estamos tão animado para ter Luis Palau conosco no Vietnã novamente", disse o reverendo Ho Tan Khoa, um dos principais líderes da igreja protestante no país. "Ele é um pioneiro".Palau foi convidado para Hanoi, cidade capital do Vietnam, para realizar outros eventos evangelísticos em nos dias 15 e 16 de abril. Os líderes da Igreja Nacional ainda estão tentando garantir a aprovação do governo para o Festival. Existem também planos para o evangelista, em Oregon para pregar em Hanói e Danang em junho.Os cristãos protestantes compõem de 0,5% da população do Vietnã de 90 milhões. Os católicos representam 6,7%.Segundo as leis vietnamitas que regem a religião, a liberdade de culto é visto como um privilégio, em vez de um direito humano fundamental.O governo comunista ateu começou a permitir que as práticas religiosas no início de 1990, mas apenas para os grupos que registraram com as autoridades.

veja também