Magno Malta fala sobre aborto, drogas e homoafetividade na Frente Parlamentar Evangélica

Magno Malta fala sobre aborto, drogas e homoafetividade

Atualizado: Sexta-feira, 31 Agosto de 2012 as 2:48

Nesta quinta-feira, 30 de agosto, o senador Magno Malta deixou claro que a Frente Parlamentar Evangélica não entrará em discussão sobre a legalização do aborto.

“Nós não vamos negociar esse tema. Não atentaremos contra a natureza de Deus. Se Deus determina a vida e a ele cabe o porquê de todas as coisas, não cabe a nós questioná-lo”, disse.

A descriminalização das drogas também foi citada pelo senador. “Estamos combatendo o tabagismo e as grandes indústrias estão perdendo lucro. A maconha, se legalizada, será industrializada. É preciso ter em vista quem ganhará com a legalização das drogas, porque a população em geral só tende a perder."

A possibilidade da criminalização de manifestações contra a homoafetividade foi questionada por Magno malta. “Devo aos homossexuais o meu respeito e não sou homofóbico. Agora é preciso ficar claro que a televisão ridiculariza o tempo todo os homossexuais. Agora vai um pastor falar mal dos homossexuais. É preciso ter liberdade de expressão. Por exemplo, se você descobre que a babá do se filho é homossexual e você não quer que ela oriente seu filho, já que isso vai contra o que você acredita, contra a orientação de Deus, você não pode despedi-la? Que conversa é essa?”, indagou.

Leia também:

"Meus acertos têm sido melhores que os meus erros", diz Malafaia sobre os 30 anos de ministério

Edir Macedo lança primeiro livro de sua trilogia no Rio de Janeiro



com informações da Agência Câmara de Notícias

veja também