Magno Malta se encontra com embaixador do Irã novamente para esclarecer caso de Yousef

Magno Malta questiona novamente a situação de Yousef no Irã

Atualizado: Quinta-feira, 8 Março de 2012 as 1:06

O embaixador do Irã no Brasil, Mohamad Ali Ghahezadeh, falou ao senador Magno Malta que as informações sobre Yousef Nadarkhani são equivocadas.

Segundo o diplomata, ele não teria sido preso por apostasia, mas por roubo e prostituição. Além disso, acrescentou que o julgamento ainda não ocorreu e que Yousef não seria reconhecido como pastor, não foi condenado à morte por enforcamento e não está preso por ser cristão.

Ao buscar a comprovação das palavras do embaixador, o senador Magno Malta encontrou documentos que podem provar a veracidade da crença e da condenação de Yousef Nadarkhani.

Magno Malta irá encontrar-se com o embaixador do Irá novamente, hoje, às 16h30, para questioná-lo sobre suas declarações e a real situação de Yousef no Irã.

veja também