'A maioria dos evangélicos não é homofóbica', diz Marta Suplicy

"Evangélicos respeitam a diversidade" diz Marta Suplicy

Atualizado: Sexta-feira, 14 Setembro de 2012 as 8:25

A nova ministra da Cultura, Marta Suplicy , disse nesta quinta-feira (13), após tomar posse do cargo, que não vê problemas para o candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, obter votos de eleitores evangélicos em função do Projeto de Lei da Câmara nº 122 (PLC 122), que torna crime o preconceito a homossexuais. A agora ministra é a principal articuladora do projeto de lei. “Acho que a grande maioria dos evangélicos não é homofóbica. Eles respeitam a diversidade”, afirmou.

Segundo o IG, na tarde de ontem, ainda como senadora, Marta foi procurada por representantes de entidades pelos direitos dos homossexuais que se disseram preocupados com a chegada de seu suplente ao Senado, o vereador Antônio Carlos Rodrigues (PR-SP). Ligado a religiosos da zona sul de São Paulo, seu reduto eleitoral, o novo senador é contra  a união civil entre pessoas do mesmo sexo.

veja também