Maioria dos jovens da Europa não seguem nenhuma religião, segundo pesquisa

Jovens europeus entre 16 e 29 anos, em sua maioria, não se identificam com nenhuma religião.

fonte: Guiame, com informações de Observador

Atualizado: Sexta-feira, 23 Março de 2018 as 12:25

Imagem ilustrativa. Maioria dos jovens da Europa não seguem nenhuma religião. (Foto: Reprodução)
Imagem ilustrativa. Maioria dos jovens da Europa não seguem nenhuma religião. (Foto: Reprodução)

A maioria dos jovens europeus entre 16 e 29 anos de idade não se identificam com nenhuma religião, de acordo com uma pesquisa publicada nesta quarta-feira (21) pelo Centro Bento XVI para a Religião e Sociedade.

O número mais elevado de jovens afastados das religiões está em países como República Checa (91%), Estônia (80%) e Suécia (75%). Os países europeus com menos jovens afastados da religião são Polônia (27%), Lituânia (25%) e Áustria (37%).

O estudo também inclui Israel, que apresenta resultados singulares: apenas 1% dos jovens israelenses dizem não se identificar com uma religião.

Desenvolvido em parceria com a Universidade de St. Mary, no Reino Unido, e o Institut Catholique de Paris, na França, o levantamento recorreu aos dados do estudo European Social Survey, nas edições de 2014 e 2016, para analisar o comportamento dos jovens de 22 países europeus face à dimensão religiosa.

O autor do relatório, Stephen Bullivant, professor de Teologia da Universidade de St. Mary, destaca que “a alta porcentagem de jovens adultos que afirmam não ter nenhuma religião” pode ser encarada como “o fato mais significativo de todos”.

Stephen Bullivant observa também que os países nos dois extremos da escala — República Checa e Estônia, com os jovens mais afastados da religião, Polônia e Lituânia com os mais religiosos — são antigos países comunistas.

Prática religiosa

O relatório também mostra quais são as religiões mais professadas em cada um dos 22 países analisados. Em sua maioria, o catolicismo é a fé mais professada entre os jovens. Mas as religiões protestantes dominam países como Suécia, Dinamarca, Finlândia e Noruega.

Na Alemanha e Suíça, os cristãos se dividem quase equitativamente entre protestantes e católicos. Rússia e Estônia são os dois únicos países analisados com maioria cristã ortodoxa; Israel é o único com maioria judaica. No Reino Unido, país maioritariamente anglicano, há mais jovens que se identificam como católicos do que protestantes.

O estudo também analisou a frequência da prática religiosa. O país que marca o maior índice de jovens que participam pelo menos uma vez por semana das celebrações religiosas é a Polônia (39%), seguida por Israel (25%) e Portugal (20%).

veja também