Mamãe, nunca se preocupe comigo. Eu sei para onde vou quando morrer...

Mamãe, nunca se preocupe comigo. Eu sei para onde vou quando morrer...

Atualizado: Sexta-feira, 7 Outubro de 2011 as 10:36

O sonolento silêncio da manhã foi quebrado pela campainha do telefone. Era meu marido ligando do hospital. "Venha rápido ao hospital! Dale sofreu um acidente de motocicleta e é grave".  Eu sempre me preocupei pelo interesse que, desde a adolescência, Dale tinha por velocidade, e fiquei mais preocupada ainda depois que ele, casado e com dois filhos, comprou uma motocicleta. Eu sabia que motocicletas eram perigosas, mas o que poderia ter acontecido tão cedo de manhã? 

Meu marido e nossos dois filhos, Roy e Dale, haviam planejado se encontrar em uma lanchonete para tomarem o café da manhã juntos. Ao invés disso, estivamos todos indo para um encontro no pronto-socorro. 

Fui buscar a esposa de Dale e, juntas, corremos para o hospital. Meu marido e Roy rapidamente nos explicaram o que o médico havia falado: os ferimentos de Dale eram bem graves. Logo ele teve que ser transferido, por ambulância, para outro hospital. 

As horas passavam, enquanto aguardávamos pelo fim da cirurgia, mas não houve nenhuma melhora. Dois dias depois Dale for transferido para o Lar celestial para estar com seu Salvador, onde não há mais dor ou tristeza. 

Foi difícil suportarmos a perda, mas estávamos gratos por sabermos que Dale pertencia ao Senhor Jesus. Podíamos nos lembrar de quando ele tinha só sete anos de idade e disse que queria se tornar um filho de Deus. Ele havia feito uma oração simples e sincera: "Querido Senhor Jesus, perdoa os meus pecados e vem morar em meu coração e em minha vida. Eu Te aceito como meu Salvador a gora. Obrigado por morrer na cruz por mim". 

Tempos depois, quando ele já era um adolescente, Dale voltou a me assegurar: "Mamãe, nunca se preocupe comigo. Eu já tenho certeza do lugar para onde vou quando morrer... Já tenho tudo acertado entre eu e meu Senhor. Já tenho paz com Deus. 

Agora já tínhamos um de nossos filhos no céu. Mas se o acidente de moto tivesse sido com Roy, já não teríamos certeza se ele estaria seguro com seu Salvador. Roy não tinha paz e nem queria saber de ler a Bíblia. Para ele a morte era algo que só acontecia com os mais velhos. Mesmo com o passar do tempo, ele não conseguia se conformar com a morte de seu irmão, e por isso não tinha descanso em seu coração. 

A fim de ganhar algum dinheiro extra nas férias, Roy arranjou um emprego de bombeiro florestal em British Columbia. Ele era um dos primeiros a seguir para o local do incêndio. Às vezes precisava descer do helicóptero par uma corda, quando o lugar era de difícil acesso. 

Planejamos passar um final de semana com Roy, mas ele ligou e nos disse que teria que trabalhar naquele período. Ficamos tristes, mas acabamos fazendo planos para irmos a outro lugar naquele dia fazia quatro anos desde a morte de Dale. 

Logo que voltamos para casa, um oficial da Policia Montada Canadense veio nos trazer a noticia que nos chocou - Roy havia morrido em um acidente de helicóptero. 

Nossos corações foram abalados com intensa dor, e, em nossa tristeza, voltamo-nos para Deus. Esta perda era muito maior, já que não podíamos ter certeza se Roy tinha ido encontrar-se com Dale e com seu Salvador no céu. 

Então chegou Rodney, um grande amigo de Roy. Ele nos contou que havia jantado com Roy na Quinta-feira antes de sua morte. Naquela noite Roy contou-lhe que tinha acertado sua vida com o Senhor. "Não existe nenhum pecado em minha vida que não tenha sido perdoado", disse Roy ao seu amigo. E no final da conversa, Roy e Rodney haviam orado juntos. 

Que maravilhosas palavras de conforto foram aquelas. Agora sabíamos que nossos dois filhos estavam no céu com o Salvador. Ainda sentimos a falta deles, mas sabemos que logo iremos nos encontrar no céu. 

Esperamos que a história da morte de nossos filhos possa mostrar a você que a morte pode vir a qualquer idade, e que geralmente vem sem avisar. Se você estivesse no lugar de Dale ou Roy, será que estaria no céu agora? Se sua resposta for "Eu espero que sim", então por que não ter certeza? Você também pode ter o perdão e a certeza de que o céu será o lugar onde vai morar eternamente. "Estas coisas vos escrevi para que saibais que tendes a vida eterna, e para que creiais no nome do Filho de Deus" (1 João 5.13). 

Tudo o que Deus quer de você é uma simples oração de fé, reconhecendo sua necessidade de perdão e aceitando a obra de Cristo na cruz por seus pecados. "Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo, para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça" (1 João 1.9). Por que não dar este passo de fé agora mesmo e ter paz com Deus? "Sendo pois justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo" (Romanos 5.1).   

veja também