Marcha para Jesus reúne mais de cinco milhões de pessoas em SP

Marcha para Jesus reúne mais de cinco milhões de pessoas em SP

Atualizado: Sexta-feira, 23 Maio de 2008 as 12

Por Claudia Moraes

Uma multidão de mais de cinco milhões de pessoas invadiu as ruas neste feriado de Corpus Christi, 22 de maio, para participar da 16ª Marcha para Jesus, em São Paulo.

Na realidade, o movimento já começou no metrô, quando logo cedo milhares de cristãos lotaram os vagões, trajados com camiseta oficial, faixa, bandeira; uma verdadeira torcida organizada de Jesus, cantando louvores a Deus. Mas era só o pré-começo, às 10h, os trios elétricos de diferentes igrejas evangélicas saíram do Centro em direção a Zona Norte da cidade.

Um povo bonito reunido no nome de Jesus, com bebês, crianças, jovens, adultos, idosos, deficientes físicos e houve até quem levou seus animais de estimação. Muitos com seus pedidos de milagres nos pés. "É maravilhoso estar aqui, não tem explicação", declarou Ednalda Garcia da Silva, que estava acompanhada de dois filhos pequenos.

Mas quem chamou atenção foi o jogador Kaká e sua esposa Caroline Celico, grávida de oito meses, exibia a barriga em cima do primeiro trio, da Igreja Renascer em Cristo Sede. O casal era só alegria, cantava e agitava a galera que acompanhava o trio. Kaká incentivava o grito: "Eu sou de Jesus!". No mesmo trio estava a pastora Fernanda Hernandes Rasmussen, filha do Apóstolo Estevam e da Bispa Sônia Hernandes; o bispo e deputado estadual José Bruno; e o grupo de louvor Renascer Praise. O Apóstolo Estevam Hernandes, em uma ação inédita, entrou no telão que estava no trio, direto dos Estados Unidos, para orar.

Outro destaque da passeata, foi o trio elétrico da Assembléia de Deus do Brás, liderada pelo pastor Samuel Ferreira e que contou com a presença do senador Magno Malta. "Deus tem nos dado uma missão, o país não será mudado pelas forças da Lei, embora as Leis sejam importantes. O Brasil vai ser mudado pela força da Igreja. Este país só tem saída pelas mãos da Igreja", declarou Malta.  Já o pastor Samuel Ferreira mostrou admiração pela multidão, "Esta foi a maior Marcha. Não tem parâmetro de comparação, não dá para ver o fim, não dá para ver o meio... A última vai ser quando formos para o céu!".

  Autoridades comparecem à Marcha para Jesus

Fotos: Rodrigo Borba

veja também