Marina Silva defende a laicidade do Estado e critica o preconceito

Marina Silva defende a laicidade do Estado e critica o preconceito religioso

Atualizado: Sexta-feira, 28 Junho de 2013 as 11:13

marina silvaNas redes sociais circula um vídeo em que a ex-senadora Marina Silva fala da laicidade do Estado e de preconceito religioso.
 
"A grande bênção e conquista do nosso país é ter um Estado laico, mas Estado laico não pode ser confundido com Estado ateu", pondera ela.
 
Marina Silva faz um alerta a respeito de que as pessoas se esqueceram que a laicidade do Estado foi uma conquista da Reforma Protestante, pois antes o país tinha uma igreja oficial.
 
Em sua fala, a ex-senadora é aplaudida ao dizer que uma pessoa, ao cometer um equívoco político, não pode ser criticada por ser evangélica, ou mesmo por ser ateu.
 
"Não gosto que as pessoas me critiquem dizendo que cometo equívoco porque sou evangélica. Isso é combater um preconceito com outro", afirma.
 
Para ela, divergências políticas não devem ser discutidas com base nas crenças.
 
Um dos exemplos dados por Marina Silva é o de Marco Feliciano, alvo de críticas diretas, inclusive em sua crença.
 
"O Feliciano é equivocado e não deveria estar na Comissão de Direitos Humanos não porque é evangélico, é porque não tem tradição na defesa de direitos humanos", reiterou.
 
Assista ao vídeo.
 

veja também