Menardo Machado compartilha a batalha da evangelização dos guerrilheiros colombianos

Ameaçado de morte,pastor colombiano prega no Encontro Sepal

Atualizado: Terça-feira, 8 Maio de 2012 as 11:42

Coordenador regional de projetos da Portas Abertas na Colômbia. Fundou em 2007 o Instituto Bíblico Peniel, seminário que já formou muitos líderes e pastores da zona rural do norte da Colômbia. Medardo Machado já plantou diversas igrejas nas montanhas e mesmo sendo ameaçado de morte desde sua juventude por grupos armados, ainda serve firmemente ao Senhor.

Encerrando a noite do segundo dia do Encontro Sepal 2012, o pasto colombiano trouxe uma mensagem de fé e esperança aos pastores e líderes que participam do evento. Medardo conheceu ao Senhor através de sua avó materna, que cumpriu a função de ser seu pai e mãe. A partir dos 19 anos de idade tornou-se um fiel seguidor de Jesus Cristo. Já são 14 anos como pastor em contextos de violência, restrição e perseguição.

Em sua ministração, Machado usou Estevão como personagem central de sua mensagem e falou sobre o pastoreio de igrejas e pessoas em meio a conflitos. "Estevão foi chamado para servir a Deus e não aos homens. Pelo seu grande testemunho como homem de fé sempre incomodou muitas pessoas" disse ele.

Para o pastor a vida de Estevão é um modelo desafiador que deve ser seguido."A fé de Estevão e seu coração perdoador mostra que ele foi um grande homem de Deus" afirma.

Leia Mais:

Pastor da Willow Creek ministra no Encontro da Sepal 2012

Vice presidente de artes da Willow Creek fala sobre um líder sem máscaras

Pastores e líderes discutem sobre o futuro da igreja em Encontro promovido pela Sepal

Esposa e filha homenageia o pastor Ary Velloso em culto de abertura do Encontro Sepal 2012

Menardo, que desenvolve um ministério em meio a dois grupos armados da guerrilha colombiana, lembrou homens da bíbla que serviram em meio a conflitos. "Deus deu uma ferramenta fundamental para a igreja servir em meio a conflitos: o Espírito" relembra.

Após compartilhar lições preciosas sobre o poder de Deus em sua trajetória ministerial na Colômbia, Menardo -  que já foi ameaçado de morte por diversas vezes no país - desafiou os participantes a orarem pelos cristãos colombianos." Que possamos ter um compromisso maior com Deus, a igreja e sociedade. Conto com suas orações" finaliza.

 

Por Pollyanna Mattos

veja também