Mesmo com o crescimento da internet, o evangelho não é pregado

Mesmo com o crescimento da internet, o evangelho não é pregado

Atualizado: Quinta-feira, 14 Julho de 2011 as 9:42

Segundo pesquisa divulgada nessa semana pelo IBOP, o Brasil tem quase 60 milhões de internautas, com 55,5 milhões de pessoas com acesso domiciliar.   Em meio a esses milhares uma porção considerável é composta por internautas cristãos.

Apesar dos números da Internet, o pastor e diretor da Sociedade Missionária HeartCry, Paul David Washer, conhecido no Brasil pelos seus diversos vídeos legendados no YouTube, fala sobre a necessidade urgente de sair e pregar o verdadeiro Evangelho ao mundo.

“Esse é um tempo de você se preparar para ser um homem de Deus”.

Para o missionário e pastor da primeira Batista de Muscle Shoals, os jovens tem gastado muito tempo em internet e pouco tempo em oração, ele faz um desafio para esses jovens de “estarem a sós com Deus até que Ele derrame o seu Espírito em você e te faça um servo útil”.

Washer diz que há uma necessidade tremenda, e “Deus conseguirá sem você, mas isso seria uma perda”. “Que tamanha perda de alegria”, diz ele convidando os Cristãos para uma vida de verdadeiro sacrifício.

“Saia com a sua vida e pregue o Evangelho para as nações que não conhecem a Cristo.”

“Eu te convido para uma vida de alegria sem igual e cheia de glória”.

Paul Washer reconhece o potencial que existe nos Jovens, assim como Apóstolo Paulo reconheceu potencial em um jovem chamado Timóteo, e por isso pede para que o Jovens, saiam da internet, abram mão de querer ser conhecido nesse mundo, mas “que apenas o céu e o inferno saibam seu nome, Deus porque Ele te ama...e o inferno porque ele te odeia”.

“Vá a algum lugar onde John Macarthur e John Piper não estejam...e pregue o Evangelho, e orem e intercedam”.

veja também