Metodista integra Conselho Municipal de Idosos em São Gonçalo

Metodista integra Conselho Municipal de Idosos em São Gonçalo

Atualizado: Terça-feira, 26 Abril de 2011 as 11:39

Ativo no trabalho com a 3ª Idade da Igreja Metodista no distrito de São Gonçalo, Dirceu Marinha, aos 80 anos, também faz parte do grupo de apoio ao Conselho Municipal de Idosos, que se reúne todas as segundas-feiras de cada mês, a partir das 14h.

Por meio desse Conselho, Dirceu vem lutando no município pela causa dos idosos, deficientes e estudantes, reivindicando acesso livre também em micro-ônibus. Parte da frota de ônibus de São Gonçalo está sendo substituída por ônibus menores e com ar condicionado para acabar com o transporte alternativo, que tem sido forte concorrente das empresas licenciadas. As empresas de ônibus negam o acesso aos micro-ônibus com base na Lei Orgânica do Município, que diz que esse tipo de veículo não é obrigado a aceitar a gratuidade. No entanto, para os envolvidos na causa, a determinação municipal contraria o Estatuto dos Idosos quanto ao seu direito de ir e vir. Segundo Sérgio Francisco Furquim, presidente da 56ª Subseção da OAB, o que consta no Estatuto do Conselho Municipal dos Direitos dos Idosos, na competência da constituição e da composição, é que "os direitos dos idosos são, antes de tudo, os concernentes à cidadania, cabendo à família, à sociedade e ao estado o dever de assegurá-los, garantindo a sua participação na comunidade, defendendo sua dignidade, bem estar e o direito à vida".

Mesmo em idade avançada, o metodista Dirceu tem se engajado nessa luta. De acordo com ele, esses direitos não estão sendo respeitados em São Gonçalo. Para o secretário-executivo regional de Ação Social, pastor Edvandro Machado, esse tipo de exemplo deve ser seguido por toda a Igreja. Ele orienta que os metodistas participem dos conselhos de direitos em todos os níveis.  

veja também