Meu relacionamento já não é o mesmo : Coluna bispo Luiz Henrique e Jocilaine de Paula

Meu relacionamento já não é o mesmo : Coluna bispo Luiz Henrique e Jocilaine de Paula

Atualizado: Quarta-feira, 26 Novembro de 2008 as 12

Gênesis 3: 8 - "Quando ouviram a voz do Senhor Deus, que andava no jardim pela viração do dia, esconderam-se da presença do Senhor Deus, o homem e sua mulher, por entre as árvores do jardim".

Diariamente Deus vinha para falar com Adão, mas algo aconteceu naquele dia, Adão já não estava  pronto para relacionar-se com Deus, pelo contrário, ele estava escondido entre as árvores. A realidade é que quando não estamos bem ou fizemos algo errado temos a tendência de nos esconder: Quais tem sido suas árvores para esconder-se de Deus e de sua família?

Trabalho Incessante - Cuidado. Talvez seu genro é quem vai gastar o que você tem ganhado, ou talvez, um outro homem quando sua esposa casar depois do seu enterro.

Passado - Quem vive de passado é museu, liberte-se do passado. Quem não se liberta do passado não pode viver o que Deus tem no presente e no futuro.

Família de Origem - É necessário cortar o cordão umbilical, não dependa dos seus pais, dependa de Deus. Não traga seus traumas para dentro do seu novo relacionamento, lembre-se que sua esposa não é sua mãe e nem seu esposo seu pai, não os trate como.

Vícios - Um do problemas que tem atingido as famílias é o vício da pornografia na internet. Vício nunca é bom, procure ajuda.

Falta de tempo - A expressão do momento é: "Não tenho tempo". Pais e mães que trabalham fora e ficam duas horas com seus filhos por semana. Será que conseguiremos transformar ou orientar essa nova geração com tão pouco tempo?  Sem falar em adultério, palavras duras, fugas e tantas outras desculpas que têm levado o relacionamento com Deus e com a família cada vez mais para o fundo do poço.

Outra realidade está em Gênesis 3:12: “Então, disse o homem: A mulher que me deste por esposa, ela me deu da árvore, e eu comi”.

Adão no capítulo dois de Gênesis precisava de uma ajudadora que fosse idônea, quando vê a mulher ele a reconhece como igual (Gênesis 2:23), mas quando no capítulo 3:12, Adão coloca Eva como alvo de sua culpa, querendo sair inocente. Sua mulher já não era tão importante quanto antes, agora ela seria um problema e não mais uma ajudadora idônea.

Essa narrativa ensina-me que quando estamos com problemas em nosso relacionamento com Deus, também estaremos sofrendo e nos escondendo em nossos relacionamentos com nossa esposa e família.

A melhor maneira de resolver os problemas no relacionamento é tendo uma vida no altar de Deus (transparência). Aprendam a confessar seus pecados e orar com os outros para sarar.

Como está seu relacionamento? Pare de se esconder. Quando queremos que outra pessoa mude, talvez precisemos mudar primeiro. Antes de colocar a culpa em alguém, veja se você não precisa assumir a sua culpa primeiro.

Até a próxima!

Luiz Henrique de Paula é pastor, doutor em Aconselhamento e Cuidado da Família, pós-graduando em Terapia Familiar pela Universidade Federal de São Paulo, psicanalista clínico e autor do livro: "Quem manda na família Hoje?". O pastor é casado com Jocilaine Amaral Machado de Paula, com quem tem três filhos: Letícia, Larissa e Luiz Daniel.

Blog do Ministério da Família

http://ministrodafamilia.blogspot.com/

veja também