Ministério Engel: Festa e chuva para índios caingangue em Santa Maria

Ministério Engel: Festa e chuva para índios caingangue em Santa Maria

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:17

Em condições subumanas, sem luz, água ou esgoto, vivem várias famílias em um acampamento indígena – próximo à Rodoviária de Santa Maria (RS), somando aproximadamente 70 crianças.

O ministério Joel Engel levou, no dia 19 de dezembro, um natal mais feliz àquelas crianças.

Os índios foram muito educados, organizados e nos deram muitos presentes de artesanato de palha como forma de gratidão pela festa.

Foram distribuídos cachorro-quente, refrigerante, algodão doce. Pela primeira vez os índios oraram o Pai Nosso na língua nativa Caingangues.

O Pastor Joel Engel estava intrigado com a falta de chuva em Santa Maria e observou que todos os dias havia previsão de chuva, o tempo até se armava, mas a chuva não caía.

Na segunda feira, dia 19, antes de sair para fazer a Festa na Vila Conceição, o pastor sonhou que lavava os pés de 12 crianças que tinham os pés descalços. No inicio não entendeu, mas quando encontrou a tribo Caingangue, viu que as crianças índias não tinham calçados.

Então entendeu que era uma visão de Deus dando á entender que a seca era porque havia uma injustiça contra o povo indígena.

Na sexta feira, dia 23, no culto de SANTA CEIA de Natal, o pastor lançou o desafio á igreja: “o culto de Natal não vai ser na igreja, mas sim lá no acampamento indígena e cada uma de nós vai levar um presente do que está faltando para eles”.

“Vamos reparar esta injustiça e fazer uma festa para o povo Caingangue e levar o que para eles e, então, Deus vai mandar a chuva”, afirmou Engel.

Quando o povo concordou em e levantou para contribuir começou a chover em Santa Maria.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições