Ministérios se unem para levantar 1 milhão de intercessores pelo mundo

Os pastores Loren Cunningham e Mike Bickle estão unindo a força da intercessão para impactar o campo missionário.

fonte: Guiame, com informações do Charisma News

Atualizado: Terça-feira, 18 Setembro de 2018 as 1:11

Loren Cunningham, fundador da JOCUM ao lado de Mike Bickle, fundador da IHOPKC. (Foto: Thema Black/Getty Images/Istock)
Loren Cunningham, fundador da JOCUM ao lado de Mike Bickle, fundador da IHOPKC. (Foto: Thema Black/Getty Images/Istock)

A organização missionária JOCUM (Jovens Com uma Missão) e a Casa Internacional de Oração em Kansas City (IHOPKC) estão unidas por um objetivo em comum: levantar mais de 1 milhão de intercessores pelo mundo.

Essa se tornou a meta dos dois ministérios, que já são parceiros e possuem visões semelhantes. Fundada em 1960 pelos missionários Loren e Darlene Cunningham, a JOCUM mobiliza jovens do mundo inteiro a se empenhar na obra missionária.

Atualmente, a JOCUM conta com mais de 18 mil missionários, destes 1.300 brasileiros, trabalhando integralmente em mais de 1.200 centros de atividades missionárias permanentes, em 180 países. Mais de 25 mil pessoas participam anualmente dos programas de curto prazo e Escolas de Treinamento.

Envolvida especificamente na oração 247, a IHOPKC foi fundada em 1999 pelo pastor Mike Bickle em Kansas City, nos Estados Unidos. Há mais de 19 anos, sua equipe promove oração e adoração em tempo integral, 24 horas por dia e 7 dias na semana.

Em setembro de 2016, equipes da JOCUM e IHOPKC se reuniram para uma semana de intercessão. Quando o encontro de oração chegou ao fim, Loren Cunningham sentiu a necessidade de contar com intercessores para fortalecer o campo missionário.

“Vocês precisam sustentar os missionários em oração”, disse Loren aos intercessores. “Então eu desafiei o Mike: ‘Vocês me ajudariam a levantar um milhão de intercessores para que possamos acabar com a pobreza da Bíblia?’”.

Encontrar um milhão de intercessores não é uma tarefa fácil, mas Mike aceitou o desafio. “Nós amamos o que o Senhor tem feito através de toda a família JOCUM por mais de 50 anos e estamos nos comprometendo a cobri-los em intercessão para que o Reino avance nas nações. O maior movimento missionário da história precisa da maior cobertura de orações da história”.

Resultados

Desde então, a força da intercessão tem provocado um grande impacto no campo missionário. De acordo com Loren, o “combustível espiritual” tem provocado um despertamento em todo o mundo e os missionários têm relatado um despertar de Deus onde atuam.

“No Oriente Médio, mais e mais pessoas estão tendo visões de Jesus. O movimento de oração literalmente multiplicou o que está acontecendo”, disse Loren ao site Charisma News. “Estamos vendo os resultados da oração multiplicando os resultados das missões”.

A mesma multiplicação tem sido vista pela JOCUM em outras partes do mundo onde o cristianismo sofre perseguição, como China e Índia. “Haverá uma perseguição crescente em todo o mundo, mas essa perseguição é porque o inimigo tem medo”, ele avalia.

Embora muitos vejam o avivamento bíblico como algo distante, Loren acredita que a profecia está prestes a se cumprir. Por isso, pregar o Evangelho se tornou uma missão ainda mais urgente.

“Milhões de pessoas estão sendo prejudicadas por desastres naturais, terrorismo, guerras e rumores de guerras”, observou. “Quando começamos a entender o que Deus está fazendo, precisamos ter uma Bíblia — ou um pouco da Palavra de Deus — em todos os lares do mundo. Ao fazermos isso, vamos ver as coisas maravilhosas que Deus está fazendo”.

veja também