MinistérioTerra dos Palhaços utiliza o humor como evangelismo

MinistérioTerra dos Palhaços utiliza o humor como evangelismo

Atualizado: Sexta-feira, 14 Janeiro de 2011 as 11:54

Ele é pastor e chama-se Paulo César de Sousa, mas, para muitos, ele é conhecido apenas como Palhaço Paulinho. Fundador do Ministério Terra dos Palhaços - MTP, juntamente com Marcos Botelho, Paulo César uniu dois dons e tornou-se o palhaço pastor.

Para ele, que considera o humor uma forma mais fácil de alcançar vidas para Jesus, ainda existem igrejas que não aceitam pregação do evangelho e humor juntos. Confira a entrevista com Paulo César de Sousa.

Guia-me: O senhor foi um dos fundadores do Terra dos Palhaços. Como surgiu a ideia de um ministério assim? Paulo César: Eu já trabalhava com evangelização nas escolas, usando a criatividade, mas em 2001 conheci um palhaço de Portugal, chamado Mark, que veio em nosso acampamento da MPC (mocidade para Cristo), e foi ele quem me influenciou com o trabalho de palhaço.

Guia-me: Como foi a aceitação do MTP no começo e como é hoje? PC: No começo achei que foi maravilhoso, e tem sido a cada vez mais, haja vistaque os Congressos da Terra dos Palhaços têm lotado a cada ano.

Guia-me: Onde o MTP realiza trabalhos evangelísticos? PC: Hoje realizamos trabalhos em hospitais, presídios, igrejas, teatros, acampamentos, congressos, nas ruas, e em qualquer lugar que a galera chamar.

  Guia-me: O que o Palhaço Paulinho costuma usar nas apresentações, além do vestuário? PC: Eu trabalho hoje com mágicas, bonecos, balões, peças teatrais, personagens diversos como professor aloprado, cientista maluco, cristão turista... São alguns personagens que uso também nas pregações com ou sem palhaço.

Guia-me: Você acredita que as pessoas se atentem mais à palavra de Deus por fugir do padrão das igrejas? PC: Sim, com certeza. Nós acreditamos que temos que conquistar o direito de sermos ouvidos e hoje temos que usar a criatividade na comunicação, e comunicação é um processo de ganhar acesso ao coração do homem. Nós podemos usar qualquer método para pregar a palavra de Deus, desde que ele não vá contra a Bíblia. Fora isso, podemos ser criativos, embora não exista regra nisso. Deus fala na mensagem padrão e também na fora do padrão, Ele é Senhor, Ele fala como desejar e usa da forma que Ele quiser, o que não pode ter é um ritualismo.

Guia-me: A alegação de muitas pessoas que não consideram o humor como uma forma autêntica de evangelização é que o Evangelho é "coisa séria" e que não há citação na Bíblia de que Jesus tenha sido um homem sorridente. Qual o embasamento bíblico para pregar usando o humor? PC: Bom, a alegação de muitas pessoas é que não há citação na Bíblia de que Jesus não tenha sido um homem sorridente, mas também não há de que Ele tenha sido um homem triste ou rancoroso, ignorante ou mal-humorado. Eu acredito que Jesus combina com festa e alegria. Haja vista que o primeiro milagre que Ele realizou foi em uma festa de casamento em Caná da Galiléia (Joao 2:1). Eu não consigo ver um Deus que fala tanto de alegria, não ser alegre. Posso citar vários textos que dizem que Ele é alegre: Salmos:4:7,16:11,30:5,30:11,45:7,51:8,126:3, e também o Salmos 100:1-5, que fala de alegria e jubilo. Isso não é ser uma pessoa feliz? Ser sorridente também não é ser feliz? Poderia citar vários outros textos, mas vou deixar só mais um para fechar: Sofonias 3;17 - "O Senhor teu Deus está no meio de ti, poderoso para te salvar. Ele se deleitara em ti com alegria. Renovar-te-á no seu amor, regozijar-se-á em ti com jubilo". Depois destes textos, como podemos falar que nosso Deus não é um Deus alegre?

Guia-me: Você já recebeu críticas pelo fato de pregar a palavra de Deus trajado como palhaço? PC: Sim, já recebi, mas isso também faz parte da caminhada. Aconteceu com Jesus, e sei que comigo não será diferente.

Guia-me: Já sofreu censura em alguma igreja ou programação? PC: Dos líderes que me convidaram não, mas de pessoas que estavam no culto sim, mas isso é complicado porque elas saem quando eu entro e vão embora sem esperar o final, ou seja, censuram algo que na verdade não viram.

Guia-me: As pessoas costumam associar palhaços a crianças. Seu ministério tem palavras dirigidas a todas as faixas etárias? PC: Sim, meu ministério tem palavra para toda faixa etária, mas não faço trabalho com crianças, embora eles associem o palhaço à criança, eu só costumo fazer palhaço para jovens, adolescentes e adultos.

Guia-me: Com o que o Palhaço Paulinho costuma fazer brincadeiras? PC: O meu trabalho com os palhaços é diferente de qualquer palhaço que você vê no dia a dia. Eu não conto piadas, eu prego a mensagem bem humorada, uso ilustrações engraçadas e contextualizo a mensagem de forma divertida, mais ou menos um "stand up".

Guia-me: Além de bom-humor, o que é necessário para conduzir um ministério evangelístico como palhaço? PC: Eu  vou deixar apenas duas palavras: "Estou disponível!" É fácil fazer qualquer coisa quando estamos disponíveis para sermos usados por Deus, porque é Ele quem faz em nós todas as coisas.

Por Juliana Simioni

veja também