Ministro turco afirma que a União Européia se tornou um "clube cristão"

Ministro turco afirma que a União Européia se tornou um "clube cristão"

Atualizado: Segunda-feira, 31 Janeiro de 2011 as 10:38

A União Europeia (UE) está se transformando em um "clube cristão", lamentou neste sábado em Davos o vice-primeiro-ministro da Turquia, Ali Babacan, ao criticar a falta de progresso no processo de adesão de seu país ao bloco.

"Sempre pensamos que a UE era um grande projeto de paz, mas depois o processo de ampliação simplesmente foi bloqueado", disse Babacan em um dos debates do Fórum Econômico Mundial, em Davos.

"A política de portas abertas não existe mais", destacou.

"Uma das principais razões pela qual a Turquia não pode se tornar membro da União Europeia é porque esta se tornou um clube cristão. Do nosso ponto de vista, isto é muito, muito perigoso", afirmou o vice-premier turco.

A Turquia iniciou em 2005 as negociações para aderir à UE, mas o processo avança a passos lentos devido à oposição ferrenha de países como França e Alemanha, que preferem estabelecer apenas uma relação privilegiada com Ancara ao invés de incluir o país no bloco.

veja também