Missionário evangeliza tribo ocultista e constrói mais de 400 igrejas, no Quênia

Para alcançar mais vidas, Benson passou a treinar e enviar os poucos cristãos que estavam na tribo.

fonte: Guiame, com informações do Gaceta Cristiana

Atualizado: Quinta-feira, 8 Março de 2018 as 9:44

Há 15 anos, a tribo só tinha 2% de cristãos. Hoje, quase metade já se entregou a Jesus. (Foto: Reprodução).
Há 15 anos, a tribo só tinha 2% de cristãos. Hoje, quase metade já se entregou a Jesus. (Foto: Reprodução).

Atualmente, 48% dos habitantes de Turkana, um distrito no noroeste do Quênia, se identificam como cristãos. No entanto, quando Benson, um evangelista da mesma tribo, obedeceu ao chamado de Deus há mais de 15 anos, apenas 2% era alcançado pelo Evangelho. As informações são do Projeto Joshua.

Benson nasceu com um problema em sua cabeça. Foi então quando um missionário conseguiu lhe ajudar obtendo uma operação e ensinou-lhe as coisas de Deus. Em uma visão, o Senhor lhe disse:

"Vai e prega minha Palavra". Em primeiro lugar, ele pensou que Deus estava chamando-o para evangelizar fora de Turkana, mas logo ele entendeu que estava sendo chamando para pregar ao seu próprio povo.

Benson não queria ser missionário e tentou negociar com Deus. "Eu o ajudarei a construir 100 igrejas. Depois disso, por favor, você me deixará curtir minha vida como os outros jovens", disse ele ao Senhor.

Mas os planos de Deus eram muito diferentes. Benson começou a preparar os poucos cristãos que estavam em sua localidade e com a ajuda do Deus que os chamou, conseguiram alcançar muitas pessoas.

Em 15 anos foram mais de 400 templos construídos. No entanto, o trabalho missionário em Turkana ainda não terminou. Então, eles continuam andando pela cidade, espalhando o Evangelho de Jesus.

Vale ressaltar que há dificuldades em Turkana, porque enfrentam escassez de alimentos, corrupção na política e níveis crescentes de perseguição religiosa por conta dos vizinhos muçulmanos.

veja também