Missionário morre afogado tentando salvar adolescente na Indonésia

Missionário morre afogado tentando salvar adolescente na Indonésia

Atualizado: Sexta-feira, 12 Novembro de 2010 as 7:21

Um piloto norte-americano que trabalhava em uma Agência Missionária morreu no domingo em um acidente ao tentar salvar adolescentes vítimas de afogamento na costa da Indonésia.

Benjamin Uskert, piloto e mecânico que serve na Mission Aviation Fellowship (MAF), em Sumatra, na Indonésia, estava em uma praia com um grupo de pessoas do orfanato local em 7 de novembro.  Enquanto eles estavam na praia, viram dois adolescentes nadarem em águas profundas, que os levou para longe. Uskert e outros nadadores adultos foram ajudá-los, mas Uskert e um dos jovens foram surpreendidos pelas ondas e a correnteza.

O piloto MAF foi declarado morto no local, e o corpo de um dos adolescentes não foi recuperado. "Estamos profundamente tristes pela perda de nosso amigo e colaborador em Cristo, assim como o jovem que ele estava tentando resgatar. Por favor, orem pela esposa de Ben, Katie, e seu filho, Jeremias, assim como os outros membros da família", disse John Boyd, presidente e executivo-chefe da MAF. 

Uskert nasceu e cresceu em Valparaíso, Índia, e graduou-se em Purdue University, em 2003, com bacharel em Tecnologia Aeronáutica. Fez cursos complementares no Trinity College da Bíblia e Moody Bible Institute. Antes de ingressar na MAF, Uskert trabalhou como técnico de avião e instrutor. Ele também foi diretor de manutenção para o Museu da Aviação da Índia, supervisionando uma frota de 17 aviões.

Em 2005, casou-se com Katie Tucker, e, em 2007, nasceu seu filho Jeremias.

Um ano depois de Jeremias nascer, Uskerts se juntou à MAF. Frequentavam escola de línguas na Indonésia durante nove meses antes de começar o seu serviço com o programa MAF, em dezembro de 2009.

Um fundo foi criado para ajudar os membros da família de Uskert.

MAF foi fundada em 1945 como um ministério cristão que transporta missionários, equipes médicas e suprimentos, realiza um trabalho de ajuda humanitária, e conduz as evacuações médicas de emergência em áreas remotas. O ministério também fornece serviços de ensino à distância, bem como serviços de telecomunicações, tais como acesso à Internet via satélite, rádio de alta frequência, correio eletrônico e outros sistemas sem fio. 

veja também