Missionário preso na Turquia canta para não desistir da fé: “Jesus, o fiel que me ama”

Preso há mais de um ano, Andrew Brunson já perdeu 50 quilos e se encontra em condições deploráveis.

fonte: Guiame, com informações do Desiring God

Atualizado: Segunda-feira, 7 Maio de 2018 as 12:06

Andrew Brunson foi preso injustamente, sob acusação de "terrorismo" e já emagreceu 50 quilos. (Foto: Reprodução).
Andrew Brunson foi preso injustamente, sob acusação de "terrorismo" e já emagreceu 50 quilos. (Foto: Reprodução).

O missionário americano Andrew Brunson, que está preso na Turquia, vai a julgamento pela segunda vez nesta segunda-feira (7) depois de ter sido recluso erroneamente há mais de um ano. Ele foi chamado de "o esquecido americano na Turquia" e já estava há 23 anos fazendo missões no país.

No dia 7 de outubro de 2016, Andrew esperava receber cidadania permanente na Turquia. Como pastor cristão que já estava no país há duas décadas, profundamente comprometido em amar a Turquia e seu povo, ele acreditava que este momento lhe daria a oportunidade de continuar liderando fielmente o povo de Deus na Igreja da Ressurreição de Izmir.

Em vez de receber a cidadania permanente, ele e sua esposa foram mantidos em uma delegacia local sem acusação. Sua esposa foi libertada duas semanas depois, enquanto ele permaneceu sob custódia. Ele ficou preso por 63 dias sem ter direito e ter sequer uma Bíblia, e acabou sendo falsamente acusado de pertencer a uma organização terrorista armada.

Cary Hughes é pastor em Melbourne, Flórida (EUA). Em artigo publicado no site Desiring God, ele comentou: “Um amigo meu ficou em contato com sua esposa e compartilhou mais detalhes da história de Andrew comigo”, coloca.

“Durante a maior parte do tempo de sua prisão, ele esteve em uma cela superlotada, sendo humilhado por colegas prisioneiros que persistentemente o ridicularizam por seu amor por Jesus. A sala é destinada a oito pessoas, mas abriga 22. Andrew teve dias muito sombrios na prisão, mas ele escreveu uma canção que ele canta para manter os olhos em Jesus.

Você é digno, digno do meu tudo
Esta é minha declaração na hora mais sombria
Jesus, o fiel que me ama, sempre bom e verdadeiro
Você me fez seu, você é digno do meu tudo

Eu quero ser encontrado digno de estar diante de você naquele dia
Sem arrependimentos de covardia
Para ouvir você dizer: ‘Muito bem, meu fiel amigo, agora entre na sua recompensa’
Jesus, minha alegria, você é o prêmio pelo qual estou correndo

“Em meio a perseguição, ele teve que confiar continuamente nas verdades que conhece das Escrituras, enquanto está fraco fisicamente e espiritualmente. Como resultado, ele perdeu 50 quilos e sofreu grande aflição emocional e psicológica. Foi lhe negado medicação para ansiedade e depressão, mesmo estando em condições deploráveis”, ressalta Cary.

“Mesmo com tudo isso, Andrew permaneceu como uma testemunha fiel de Cristo, enquanto ainda ama a Turquia e seu povo. Embora os meios de comunicação cobrissem a história do falso aprisionamento de Andrew, os cristãos de todo o mundo estão orando para que Deus intervenha de forma sobrenatural e mude os corações do governo turco”, finalizou.

A letra composta pelo pastor Andrew foi musicada:

veja também