Morre o ex-muçulmano e evangelista Nabeel Qureshi, após um ano de luta contra o câncer

Nabeel Qureshi foi diagnosticado com câncer de estômago no estágio avançado e lutou até o fim para pregar o Evangelho.

Fonte: Guiame, com informações do site Hello ChristianAtualizado: segunda-feira, 18 de setembro de 2017 12:35
Nabeel pregou para milhares e alcançou muitas vidas por meio de seus livros. (Foto: Reprodução).
Nabeel pregou para milhares e alcançou muitas vidas por meio de seus livros. (Foto: Reprodução).

O evangelista e escritor Nabeel Qureshi morreu após uma intensa batalha contra o câncer que durou um ano. Ele tinha 34 anos e deixa sua esposa Michelle e a jovem filha, Ayah. Nebeel foi diagnosticado com câncer de estômago do estágio quatro, no ano passado e lutou bravamente através de vários tratamentos, documentando sua jornada em uma série de vlogs.

"Meu amado irmão Nabeel, descanse em paz e na alegria com o Senhor Jesus Cristo", escreveu David Wood, o homem que o levou do Islã a Cristo. Nabeel foi um evangelista itinerante com a organização apologética Ravi Zacharias International Ministries (RZIM), e foi autor de uma série de livros incríveis, incluindo "Buscando Allah, Encontrando Jesus".

Ex-muçulmano, Nabeel passou a alcançar milhares e milhares com o Evangelho. Seu legado é de devoção a Cristo, amor por sua família e um desejo apaixonado por ver o Reino de Deus. Agora, podemos ter certeza de que ele está descansando nos braços do próprio Jesus Cristo.

Esperança

"Hoje, 16 de setembro, nosso querido irmão em Cristo Nabeel Qureshi foi estar com o Senhor após uma batalha de um ano com câncer. Recebemos esta notícia com profunda tristeza e, no entanto, profunda esperança de que ele esteja finalmente e completamente curado na presença de seu Salvador", escreveu a RZIM em sua página do Facebook.

"Junte-se à equipe do RZIM em oração pela esposa e filha de Nabeel, bem como por seus pais e família. Sabemos que este é o ganho de Nabeel, mas uma tremenda perda para todos aqueles que o amaram e foram afetados por sua vida e testemunho sobre a terra", destacou. "Que Deus traga conforto enquanto nos apegamos à nossa eterna esperança em Jesus Cristo".

"Nosso Deus é um Deus de amor, e isso deve ser o que nos mantém conduzidos", afirmou Nabeel no final de sua última publicação, no último sábado. "Se você está falando com um hindu, um judeu, um muçulmano, um cristão, quem quer que você esteja falando, que seja por amor".

Muitos dos colegas e amigos de Qureshi fizeram homenagens a esse homem maravilhoso. O Portal Guiame acompanhou sua jornada como evangelista e exemplo de servo de Deus. Aqui ficam nossos sentimentos aos familiares e amigos e o pedido de que oremos por eles.

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições