Morre o líder mundial da Assembleia de Deus, George Wood, aos 80 anos

George Wood lutava contra um câncer no estágio 4, que começou no esôfago e se espalhou para outros órgãos.

Fonte: Guiame, com informações da AG NewsAtualizado: quinta-feira, 13 de janeiro de 2022 12:46
George Wood foi presidente da Assembleia de Deus dos EUA. (Foto: AG News)
George Wood foi presidente da Assembleia de Deus dos EUA. (Foto: AG News)

O ex-superintendente geral da Assembleia de Deus dos Estados Unidos, George Oliver Wood, morreu nesta quarta-feira (12), após uma luta de quatro meses contra um câncer no estágio 4.

Wood recebeu o diagnóstico de câncer em 30 de agosto de 2021, dois dias antes de seu aniversário de 80 anos. Ele passou por quimioterapia para tratar o câncer no esôfago, que acabou se espalhando para o fígado e as vértebras. 

Os tratamentos foram interrompidos devido aos efeitos colaterais.

Wood assumiu em 2007 a posição de superintendente-geral do Concílio Geral das Assembleias de Deus nos Estados Unidos (AG) e, em 2008, tornou-se presidente da Assembleia de Deus, a maior denominação pentecostal do mundo. 

Ele deixou o cargo em 2017, aos 75 anos, após uma década como líder global da Assembleia de Deus. 

Durante a década de sua liderança, a denominação evangélica experimentou um notável crescimento nos EUA. AG dos EUA cresceu para um número recorde de membros, 3.240.258 — número que era 2.863.265 uma década antes. O número de igrejas AG dos EUA subiu para um recorde histórico de 13.023, em comparação com 12.362 em 2007.

A igreja também se tornou uma das denominações com maior diversidade étnica na América, com 42,3% dos membros representando minorias étnicas. Além disso, a porcentagem de mulheres ministras na Assembleia dos EUA aumentou de 19,2% para 24,3%.

Wood começou seu ministério como diretor de vida espiritual e vida estudantil na Universidade do Evangelho em Springfield, no Missouri, de 1965 a 1971. Nos próximos 17 anos, ele atuou como pastor da Igreja Newport Mesa em Costa Mesa, na Califórnia. 

Em 1988, ele se tornou superintendente-geral da AG no Distrito Sul da Califórnia, até que, em 1993, passou a atuar como secretário-geral da AG entre 1993. Ele atuou na função até 2007, quando assumiu a posição de superintendente-geral.

Wood e sua esposa, Jewel, comemoraram 56 anos de casamento em 27 de dezembro. Eles criaram dois filhos. Son George Paul Wood é editor executivo do Influence, o jornal da AG para líderes ministeriais. Sua filha, Evangeline Hope Zorehkey, vive no condade de Ozark (EUA).

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições