Morre o saxofonista cristão André Paganelli, após depressão profunda

André Paganelli foi considerado um dos mais talentosos instrumentistas do Brasil.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: quinta-feira, 20 de janeiro de 2022 12:43
André Paganelli foi considerado um dos mais talentosos instrumentistas do Brasil. (Foto: Instagram/André Paganelli)
André Paganelli foi considerado um dos mais talentosos instrumentistas do Brasil. (Foto: Instagram/André Paganelli)

O saxofonista cristão André Paganelli morreu nesta quarta-feira (19), após lutar contra uma depressão severa e cometer suicídio.

André Paganelli foi considerado um dos mais talentosos instrumentistas do Brasil e chegou a receber várias indicações e prêmios por seus trabalhos, como o Troféu Talento e o Grammy Latino.

Ele também foi um dos membros votantes do Grammy Latino, da Ordem dos Músicos do Brasil e da Associação Brasileira de Regentes Arranjadores e Músicos.

Paganelli foi autor do livro "Verdadeiros Adoradores", um material dedicado a pastores, líderes, músicos e adoradores em geral.

Ele foi pastor da denominação Batista e bacharel em Teologia formado pelo Seminário Bíblico Palavra da Vida (Atibaia, SP) e mestrando Teologia com ênfase em Escatologia pela Cohen University & Theological Seminary (Los Angeles, CA, EUA). 

Paganelli rompeu fronteiras, alcançando por meio de seu ministério várias cidades no Brasil, Estados Unidos, Suíça, Inglaterra, Portugal, Itália, Espanha, França e Israel. 

O pastor Magno Paganelli, que era cunhado do saxofonista, lamentou a morte de André em uma publicação nas redes sociais.

“Acabei de comentar com a minha esposa que ficam as boas lembranças, e são muitas! Sujeito alegre, esperançoso — acreditava mesmo em dias melhores — empreendedor e talentosíssimo, ímpar em sua especialidade”, disse ele.

“Tive o privilégio de trabalhar em vários projetos com ele, desde os primeiros CDs, os livros, o primeiro grande show na casa de espetáculos Olympia, o início da empresa que criou.

Ficam as boas lembranças que, como disse, são muitas. E um sobrinho que me deu, o Brian. Descanse em paz, maninho”, finalizou.

André Paganelli já deu entrevistas ao Guiame, contando sua trajetória. Assista:

"Lamento muito a morte do André", declarou o diretor do Guiame, o pastor Marcos Corrêa. "Eu tive o prazer de viajar com ele em um cruzeiro teológico, onde nos aproximamos bastante. Ele esteve nos estúdios da Rádio Guiame e a partir destes eventos, sempre que era possível, conversávamos. Uma pessoa muito gentil, educada e crente. Pessoalmente lamento muito esta perda e, em nome no Guiame, quero reconhecer a importância que ele sempre teve na música gospel. Meus sentimentos e o que o Espirito Santo possa consolar os familiares e amigos."

O Portal Guiame lamenta a morte de André Paganelli e ora para que Deus traga consolo aos familiares e amigos.

 
Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições