Movimento adventista contra a violência continua

Movimento adventista contra a violência continua

Atualizado: Segunda-feira, 11 Outubro de 2010 as 9:21

A campanha contra o abuso infantil e feminino Quebrando o Silêncio foi reforçada no sábado, dia 2 de outubro, em Leme, interior de São Paulo. A mobilização na principal praça da cidade foi realizada pela equipe Novo Tempo em parceria com a Igreja local e apoio da prefeitura.

Para o evento foram distribuídos mais de 20 mil convites em todas as escolas de Educação Básica da cidade e 18 faixas espalhadas pela cidade. A Prefeitura montou o palco e toda a estrutura de som para o evento. Equipes de rádio e TV da região divulgaram amplamente o programa, pela relevância do tema.

“Sentimos uma reação muito positiva da população e dos meios de comunicação”, conta o pastor adventista da cidade, Isiel Miranda. As principais autoridades da cidade também receberam todo o material da campanha – revistas e folders preparados pelo Ministério da Mulher, Criança e do Adolescente da Igreja Adventista do Sétimo Dia para todo o Brasil.

SIngrid (de verde) e sua amiga sentadas na primeira fila para não perder nenhum detalhe do programa.

eis mil revistas e folhetos foram separados para a distribuição no dia, mas a chuva forte no dia anterior e no início do sábado marcado para a mobilização fez o público esperado diminuir consideravelmente, ainda assim, cerca de 300 pessoas participaram do evento. Por esta razão o pastor deve planejar outro momento para entregar o material excedente da campanha. O programa de três horas foi preparado para atingir todas as idades. A Turma do Nosso Amiguinho apresentou uma peça musical de 45 minutos contra a violência infantil e deixou um recado muito claro para a garotada atenta. “Gostei muito e aprendi que temos que ser educados e não maltratar as pessoas”, disse Ingrid Silva, 11, na primeira fileira em frente ao palco para não perder nenhum detalhe da programação. Contar a um amigou ou professor que alguém a machucou, também foi uma dica importante deixada pela turminha para a criançada.

Entre os participantes do evento ainda estavam o grupo de encenações Perspectivas Brasil e os representantes da TV Novo Tempo, Ronaldo Fagundes, Darleide Alves, Glauce Cunha e J. Washington. Os apresentadores já são bem conhecidos dos moradores da cidade que possui a TV Novo Tempo em canal aberto. “Com este projeto queremos dizer que também nos preocupamos com as famílias de nossa Igreja para fora, que estão sofrendo. A Igreja Adventista crê em um Deus que quebra o silêncio, que aceita e pode acabar com a violência na vida das pessoas”, palavras de Darleide Alves em um dos momentos de orientação e reflexão do programa.

Grupo Perspectivas Brasil.

“É importante a presença de vocês aqui. Infelizmente a violência tem aumentado e vemos que é preciso ações como esta para coibir este tipo de prática. Com certeza veremos bons resultados deste movimento em curto prazo. A cidade está muito feliz em recebê-los”, ressalta Evanildo Brito, presidente da Câmara de Vereadores de Leme. “Parabenizo a iniciativa do pastor e da Igreja Adventista. Temos que realmente quebrar o silêncio”, completa Francisco D’Angelo, chefe de gabinete, representante do prefeito da cidade na ocasião.

Para Silderia Baldi, iniciativas positivas como esta envolvendo igrejas são muito essenciais e despertam a curiosidade. “Este é um tema muito importante a ser tratado. Gosto de assistir a programas como este. Muita gente precisa ouvir e não mais ficar calada”, apóia a moradora da cidade.

veja também