Mutirão de saúde adventista atende mais de mil pessoas em Pernambuco

Mutirão de saúde adventista atende mais de mil pessoas em Pernambuco

Atualizado: Terça-feira, 29 Março de 2011 as 9:47

Um mutirão de serviços realizado por professores e alunos da Educação Adventista em Pernambuco prestou atendimentos gratuitos nas áreas médicas de odontologia, cardiologia, fisioterapia, clínica geral e nutrição para mais de 1.200 pessoas, neste final de semana, dias 26 e 27 de março. As cidades beneficiadas foram Bezerros, Sairé e Gravatá, todas do agreste do Estado. Durante o evento, também houve palestras sobre cidadania e prevenção contra as drogas.

  Organizada pela direção do Sistema Adventista de Educação para o Nordeste, o evento teve como lema "Educação com mais saúde". Uma equipe composta por 8 médicos, enfermeiros e dezenas de voluntários se responsabilizou em promover atendimentos médicos gratuitos em várias especialidades.

A ação foi possível graças a parcerias com as prefeituras. Os municípios estão próximos ao local onde está sendo construído o Instituto Adventista Pernambucano de Ensino (Iape), internato que vem movimentando a região, contribuindo para o desenvolvimento econômico e social. A previsão de funcionamento é em 2013.

Em todas as cidades, foram montados estandes, com serviços que agradaram em cheio a população. “Uma oportunidade única. Nessa ação temos a possibilidade de ser atendido com muita atenção e passar por uma equipe médica de qualidade”, disse Edeilson Alves, 32 anos.

Para o prefeito Ozano Brito, de Gravatá, a iniciativa merece ser celebrada. “Esse mutirão de atendimentos médicos é fantástico e só traz benefícios à população”, afirmou. De acordo com a coordenadora do evento, Raquel Ricarte, o mutirão possibilitou mais desenvolvimento para o Agreste. "Levamos para a população carente, que não tem esse tipo de atendimento, carinho e solidariedade cristã", disse.

“Nosso intuito é fazer o bem com responsabilidade social", disse o pastor Enildo Nascimento, diretor da Educação Adventista para o Nordeste. "Não podemos falar nas obras de Deus sem exercer a cidadania, levando aos mais carentes a dignidade que merecem”, concluiu.

O Mutirão de Saúde faz parte da campanha Embaixadores da Educação, que busca o fortalecimento da educação cristã no Nordeste. O projeto contempla datas para ações sociais de impacto. A primeira teve a saúde como foco. Em junho, será a vez de um impacto focado na sustentabilidade e no compromisso da rede de ensino com a preservação do meio ambiente.

veja também