"Não adianta subir ao palco e só fazer rir", diz humorista cristão

"Não adianta subir ao palco e só fazer rir", diz humorista cristão

Atualizado: Quinta-feira, 18 Julho de 2013 as 7:24

"Não adianta subir ao palco e só fazer rir", diz humorista cristão"Não existe humor evangélico ou 'stand up comedy gospel'. Humor é sempre humor". Com esta afirmação, o ator e humorista cristão cearense, Thiago Matso explicou a sua tentativa de se livrar de rótulos em relação ao seu trabalho.
 
Em entrevista exclusiva ao Portal Guiame, o artista falou sobre preconceito, a dificuldade com rótulos e o retorno positivo que tem obtido com o seu trabalho.
 
Confira abaixo a entrevista na íntegra:
 
Portal Guiame: Como as pessoas reagem quando você diz que é ator / humorista, mas também é cristão?
 
Thiago Matso: Eu já trabalho com teatro há mais de oito anos e não me apresento só em igrejas, mas também fora, como em teatros de Fortaleza, Natal, Mossoró. Quando eu pensei em trazer isso para dentro da igreja, já imaginei que teria um impacto muito grande, mas a galera até que aceita bem. Se eu falo que sou humorista, as pessoas já tentam rotular: 'É humor evangélico', 'humor cristão', mas para mim não existe esta denominação. Humor é humor! Se fez rir, é simplesmente humor. O pessoal está recebendo bem. Eu até pensei que a polêmica em cima disso seria grande, mas já me apresentei até em igrejas mais 'tradicionais', como a Assembleia de Deus, Batista, Presbiteriana e o pessoal fica tranquilo.
 
Guiame: Pode-se dizer então que a diferença entre o humor que você faz e o 'convencional' é que o seu trabalho se baseia em um humor mais saudável?
 
Thiago: É um um humor que não tem apelação, palavrão, ofensas, que realmente mostra que dá para fazer rir sem nada disso. Até mesmo quando eu me apresento fora da igreja, eu fujo dos palavrões e da pornografia e muita gente até se surpreende, porque em shows de comédia comuns tem muito disso. Todo mundo fala que é difícil fazer humor desta forma, mas eu prefiro assim. 
 
Guiame: Como se caracteriza o seu show? É um "stand up" (de cara limpa) ou tem personagens?
 
Thiago: É diferente de um stand up. O que eu apresento é uma peça de humor, com um personagem que é um 'matuto', que vem do interior do Ceará e conta histórias da Bíblia de um jeito bem dele. Eu amo trabalhar com arte e fazer teatro. Eu acredito que é uma ferramenta muito poderosa na evangelização das pessoas. 
 
Guiame: Você já tem recebido retornos positivos, reconhecimentos pelo seu trabalho?
 
Thiago: Eu ouvi um testemunho de uma senhora mesmo, de uns 60 anos... que ao final de uma das minhas peças, veio falar comigo e disse que há muito tempo não ria da forma como riu naquele dia, mas no meio muitas das coisas que eu falei ali, 'brincando', ela conseguiu captar a real mensagem que eu quis passar e vai lembrar de mim para sempre, por aquelas palavras. O que eu falo durante a peça não é simplesmente um texto de teatro. Eu sento, peço inspiração a Deus, uma mensagem dEle, para que Ele possa falar ao povo através de mim. Então tudo o que eu falo alí é escrito, trabalhado e inspirado. Quando eu subo ao palco, brinco com a galera, faço com que eles riam bastante, mas o meu principal foco é passar a palavra de Deus. Só subir lá, fazer todo mundo rir, só pelo entretenimento, para mim não adianta de nada. Em vários momentos da peça, eu dou uma palavra bem séria para todo mundo.
 
Para saber mais sobre Thiago Matso, acesse o seu site oficial: http://profetirando.com.br/ ou siga-o no Twitter (@Profetirando) .
 
Por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também