Não é mera coincidência

Não é mera coincidência

Atualizado: Segunda-feira, 4 Agosto de 2008 as 12

Estou lendo o livro de Jeremias. Confesso que fiquei assustado - não necessariamente com as profecias trágicas anunciadas pelo profeta em nome de Deus, mas com a descrição do nível de desobediência e obstinação em que uma sociedade pode chegar.

Leia a descrição abaixo:

"Mas este povo tem coração obstinado e rebelde; eles se afastaram e foram embora. (...) Há ímpios no meio do meu povo: homens que ficam à espreita como nosso esconderijo de caçadores de pássaros; preparam armadilhas para capturar gente. Suas casas estão cheias de pássaros. E assim eles se tornaram poderosos e ricos, estão gordos e bem alimentados. Não há limites para as suas obras más. Não se empenham pela causa do órfão, nem defendem os direitos do pobre. 'Não devo eu castigá-los', pergunta o Senhor". (Jr 5.23,26-29)

Agora compare esta descrição com a situação da nossa igreja evangélica. Alguma semelhança? Algum ponto comum?

O texto acima é apenas um exemplo. Se você, como eu, decidir ler todo o livro, vai encontrar muitas outras descrições como esta.

Ainda não terminei minha leitura, mas já estou cheio de perguntas. Como a igreja pode chegar a tal ponto? Que caminho trágico é esse? Como evitá-lo?

Se conhecemos a Cristo e sua verdade, nossas referências são outras que não as deste mundo. Temos a Bíblia como documento inigualável, temos o testemunho da história, temos a vida presente do Espírito. Como regredir a tal nível?

Após o sentimento de susto, veio o medo. Será que viveremos isso? Ou foi apenas uma realidade experimentada pelo povo de Judá? Infelizmente, a realidade dos fatos atuais nos mostra que isso não é uma mera coincidência histórica.

Que Deus tenha misericórdia de nós!

Lissânder Dias do Amaral é jornalista e coordenador executivo da revista Mãos Dadas (www.maosdadas.net). Formando em Missiologia, pela Centro Evangélico de Missões. Casado com Kelen, mora em Viçosa (MG).

Leia mais em: www.fatosecorrelatos.blogspot.com

veja também