Não fosse a Bíblia, já tinha feito besteira na Assembleia, diz deputado

Não fosse a Bíblia, já tinha feito besteira na Assembleia, diz deputado

Atualizado: Quarta-feira, 22 Dezembro de 2010 as 11:22

Autor de um projeto de resolução que obriga a leitura e comentários diários de trechos bíblicos  no início das sessões ordinárias da Assembleia, o deputado Nivaldo Manoel (PMDB) disse nesta terça-feira, 21, que se não fossem as leituras diárias, ele já teria feito besteiras dentro do próprio plenário.

“Sempre que criticado sem razão, tenho impulso de tomar algumas medidas, fazer besteira, mas a leitura da Bíblia me impediu disso”, afirmou o deputado, que não quis revelar os momentos em foi contrariado pelos demais parlamentares.

O deputado teme pelo “relaxamento” das leituras diárias. “Não vou voltar para Assembleia. Se eu disser que não sentirei saudades estaria sendo demagogo. Se relaxarem na leitura bíblica vou criticar, e apelar para que a leitura diária e os comentários sejam mantidos, que cumpram o regimento”, declarou Nivaldo Manoel.  

veja também