Não seremos julgados pelo que parecemos ser diante das pessoas

Não seremos julgados pelo que parecemos ser diante das pessoas

Atualizado: Domingo, 22 Dezembro de 2013 as 6

juri - julgamentoFundamental para Jesus não é o que fazemos em seu nome, mas o quanto buscamos nos parecer com ele e o quanto buscamos ser íntimos do seu coração.
 
Em um século onde somos tão cobrados em relação aos nossos resultados diante das pessoas, Deus quer de nós que tenhamos o primeiro mandamento em primeiro lugar. 
 
Ele quer que o amemos de todo o coração, mente e forças. Seremos julgados pelo nosso caráter e não pelo que parecemos ser diante das pessoas.
 
Aquilo que nós chamados de unção, para Deus pode ser apenas barulho, como diz I Coríntios 13:
“Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine…”
 
 
- Nívea Soares
 

veja também