"Não tínhamos nada, e olha aonde Deus nos trouxe", diz Apóstolo Willi

"Não tínhamos nada, e olha aonde Deus nos trouxe", diz Apóstolo Willi

Atualizado: Segunda-feira, 14 Fevereiro de 2011 as 3:55

Pela primeira vez comemorando o aniversário na data exata, a Igreja Apostólica Vida Nova celebrou a maioridade na última quarta-feira, 9 de fevereiro.

Os 18 anos da igreja foram comemorados em culto cheio de louvores com palavras de gratidão a Deus, e com direito à bexiga e bolo.

Antes do início da programação, o apóstolo Willi Garcia, líder da Igreja Apostólica Vida Nova, falou ao GUIA-ME sobre o sentimento em poder comemorar a maioridade da igreja. "O sentimento hoje está meio misturado, mas o que ressalta em meu coração é a alegria pelos 18 anos de história em que Deus tem nos abençoado e honrado. O sentimento é de alegria e gratidão a Deus por tudo que Ele tem feito aqui".

Na entrevista, Willi também comentou o desânimo que sentiu ao passar por dificuldades em alguns momentos. "Em alguns momentos não, em vários momentos. Tiveram momentos difíceis e não foi há muito tempo atrás, há pouco tempo também aconteceu. As lutas vêm, é normal, e como ser humano, às vezes a gente pensa 'eu vou parar, cansei, não quero continuar', mas não é um sentimento contra a igreja como organismo vivo que ela é, é mais no sentido de organização", explicou.

No momento de louvor do começo do culto, a pedido do ministro de louvor, toda a igreja deu uma calorosa salva de palmas de agradecimento a Deus por mais um aniversário.

Para dar início à palavra pastoral, o apóstolo Willi citou a mistura de sentimentos que trazia em seu coração e fez um breve relato histórico da Igreja Vida Nova. Um vídeo contendo relatos da escolha do nome da igreja, testemunho de libertação, imagens dos locais por onde a igreja passou, histórias de amor pela igreja, testemunho de conversão, fotos, e mais, foi apresentado a toda a igreja.

"Penso que Deus fez Adão homem adulto porque queria alguém que o ajudasse a administrar o que já tinha feito. Agora o olhar de Deus para a Vida Nova é diferente, Ele pode dizer 'olha, meu filho está crescendo, já posso contar mais com ele'", disse Willi Garcia.

O apóstolo fez a leitura bíblica em Isaías 45 e citou os feitos de Deus através da vida de Ciro, como a libertação do povo de Judá do império da Babilônia.

"O cenário do mundo mudou através da vida de um homem (...) Aquele homem era um pagão e o Senhor o chamou de ungido e o abençoou. Sei que Deus dispensa bênçãos a nós maiores do que dispensou a Ciro", afirmou o preletor.

Willi Garcia ponderou ainda sobre o início da Igreja Vida Nova, as dificuldades e as vitórias concedidas por Deus. "Não tínhamos nada, nem cadeiras, e olha onde Deus nos trouxe (...) Sei que Deus vai nos usar para libertar muita gente presa no império babilônico desse mundo".

O pastor Leôncio Martins, de Santarém (PA), também esteve presente na comemoração e após a palavra pastoral convidou todos os pastores para irem a frente orar em favor do apóstolo Willi e de sua esposa.

Ao final, como em toda boa comemoração de aniversário, o bolo e o 'parabéns' fecharam a noite de celebração pelos 18 anos da Igreja Apostólica Vida Nova.

Por Juliana Simioni

veja também