Negar a existência do inferno não o varre para o ilusório da inexistência

Negar a existência do inferno não o varre para o ilusório da inexistência

Atualizado: Quinta-feira, 4 Abril de 2013 as 2:06

 

infernoOs teólogos liberais e os libertinos tentam de todas as formas extinguir as chamas do inferno. Dizem que isso não combina com o Deus amoroso revelado no Novo Testamento nem se compatibiliza com Jesus de Nazaré. 
 
Enganam-se! A doutrina das penalidades eternas está meridianamente clara em toda a Bíblia, especialmente no Novo Testamento.
 
Quem mais falou sobre inferno não foram os profetas nem os apóstolos, mas o próprio Jesus de Nazaré.
 
Negar a existência do inferno não o varre para o território ilusório da inexistência.
 
Aqueles que se esforçam para negá-lo sentirão sua dramaticidade no primeiro minuto que lá chegarem, a menos que se arrependam de seus pecados e se voltem para Jesus, o único que pode nos livrar da ira vindoura. 
 
Precisamos alçar nossa voz e dizer, entretanto, que Deus em Cristo oferece ao pecador perdão, redenção e vida eterna.
 
Há esperança para você. Corra para o refúgio da graça e encontre no Filho de Deus vida abundante e eterna.
 
 
- Hernandes Dias Lopes
 

veja também