Ninguém está tão longe de Deus que não possa ser alcançado por seu amor

Ninguém está tão longe de Deus que não possa ser alcançado por seu amor

Atualizado: Segunda-feira, 10 Dezembro de 2012 as 10:23

 

Leitura Bíblica
Jeremias 3.14-25. 
 
Voltem, filhos rebeldes! Pois eu sou o Senhor de vocês (Jr 3.14).
 
O texto lido diz que o povo de Deus lhe foi tão infiel que ele mesmo preparou uma ilustração para podermos entender melhor. O Senhor coloca-se na posição de um marido traído pela esposa! Mesmo assim, muitos ainda não o entendem.  Talvez você consiga imaginar como se sente alguém traído e como reagiria. Há pessoas que chegam a responder à traição cometendo crimes. Há também os que não suportam tal situação, entram em depressão e perdem a vontade de viver. Deus aplica esta imagem a ele mesmo para nos fazer entender a gravidade de tal procedimento. No entanto, ele é muito diferente de nós: ele quer perdoar e esquece nossas transgressões. Sua misericórdia se renova todo dia (Lm 3.22-23) e por isso ele continua chamando e convidando os infiéis à reconciliação. Na ocasião, seu povo reconheceu e confessou que vinha seguindo outros deuses e que aquilo foi um erro que só lhe trouxe vergonha e prejuízos. Faziam toda espécie de manobras religiosas com os mais diversos ídolos, esperando com isso melhorar suas colheitas e multiplicar seu gado, mas o resultado foi um fracasso. 
 
Para nós hoje pergunta-se então se essa história poderia ter algo a ver com a nossa própria vida. Quais e quantas são as manobras que empreendemos hoje para buscar o sucesso? Desde submeter-se a superstições quaisquer, passando por jogadas com a sorte e chegando a espertezas desonestas em prejuízo do próximo, há de tudo. E o resultado? É verdade que alguns conseguem juntar fama e dinheiro, mas em geral o preço disso é insegurança e medo de perder tudo de novo, insatisfação, relacionamentos destruídos por ganância e desentendimentos.
 
No meio disso tudo, Deus continua chamando: “Voltem, filhos rebeldes” – e conheçam a bondade do Deus verdadeiro! Será que hoje também alguém voltará? – ETS
 

veja também