Nívea Soares grava músicas com nova roupagem em acústico no Citibank Hall

Nívea Soares grava músicas com nova roupagem em acústico no Citibank Hall

Atualizado: Quinta-feira, 26 Fevereiro de 2009 as 12

Da Redação

"Existe um jeito para tratar as coisas de Deus". Foi com essa motivação, disposta a não oferecer um sacrifício de qualquer maneira, que Nívea Soares adorou o Senhor acompanhada por ministros de louvor importantes para o seu ministério na gravação de seu DVD que aconteceu no último dia 18 de fevereiro, no Citibank Hall, em São Paulo. Cerca de 3 mil pessoas lotaram a casa de show.

Gravado no formato acústico, o desafio desse novo projeto foi, segundo Nívea, trabalhar com os novos arranjos das músicas. "Tivemos que ouvir e aprender a fazer tudo de novo", afirmou a cantora que, além de uma releitura das próprias letras, fez uma versão da música "Mais Perto Quero Estar", hino clássico da Harpa Cristã.

Mais do que um produto no mercado gospel, o DVD, na concepção do bispo César Brazil, líder da Comunidade Cristã Internacional Lugar de Vida, trará o fluir transformador do Espírito Santo. "Quando ela [Nívea Soares] fala, existe um derramar de unção. É isso que faz a diferença na vida de tantos jovens que tenho observado. Precisamos de uma nova revolução de louvor que atinja profundamente o jovem e o seu caráter".

Repleto de músicas, sobretudo do CD "Reina Sobre Mim", o novo trabalho trará uma mensagem relacionada à humilhação. "Podemos entrar na presença de Deus, mas tem que ser com temor, com o rosto no chão e deixar a glória de Deus brilhar. Creio que esse trabalho vai falar muito sobre quebrantamento", garantiu a cantora.

Participações especiais

Marcado por convidados especiais "mais chegados do que irmãos", como definiu a própria cantora, o evento foi uma oportunidade de união de ministérios. "Nunca nas gravações dos meus CDs fiquei tão emocionada. É muito bom estar com uma pessoa que Deus ungiu tão poderosamente; alguém compromissada com a Palavra", afirmou Fernanda Brum.

Com a presença de David Quinlan, Nívea relembrou a aproximação dos dois e aproveitou para honrá-lo como "pai espiritual", afinal foi ele quem orou pela ministra e revelou parte dos planos de Deus para a sua vida. "Quando aquele homem abria a boca, a presença de Deus começava a vir e os cultos duravam de três a cinco horas. Foi uma época em que eu comecei a ter contato com algo diferente. Era um ambiente diferente. Eu queria aquilo", relembra.

Ana Paula Valadão e Adhemar de Campos também cantaram ao lado de Nívea. "É muito especial a presença do Senhor nesse lugar", afirmou Ana Paula que em seguida convidou todos a fecharem os olhos e sentirem o fluir de Deus.

Testemunho

O ministério Nívea Soares tem tido uma forte identificação do público jovem. "A minha filha é uma adolescente com quase 17 anos e tem encontrado no ministério da Nívea um estimulo para estar mais próxima de Deus", disse o bispo César.

Durante a gravação, Nívea relembrou o quanto era insegura na adolescência: "A minha alma era estragada. Não me gostava e conseqüentemente odiava as pessoas". A música, na época, era uma maneira de aplacar a tristeza que sentia. "Era uma forma de compensação, já que era uma pessoa triste. No entanto sabia que Deus tinha algo e tudo o que eu queria era servir ao Senhor", apontou.

Em seguida, a ministra falou sobre passar pelas adversidades e relembrou a passagem de João 16:33 (No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.). "O que de bom pode sair de mim? Nada. Mas quando estou crucificado com Cristo, coisas maravilhosas começam a acontecer".

veja também