No corpo não há disputa, mas colaboração

No corpo não há disputa, mas colaboração

Atualizado: Quinta-feira, 15 Agosto de 2013 as 7:31

unidade
No corpo não há disputa, mas sim colaboração.
 
Se esta premissa for verdadeira e se em sua comunidade religiosa houver disputas, você não faz parte de um Corpo, mas de uma Instituição.
 
Mt 20:16: Assim, os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos.
 
Note que o texto tem a ver com a decisão de Deus sobre quem serão os chamados e os escolhidos. Este processo se aplica não apenas a salvação, como também ao chamado ministerial e a posição a ser ocupada neste ministério. O Espírito Santo é quem chama, capacita e envia pessoas como pastores, profetas, evangelistas, administradores, mestres, cantores, etc. 
 
Não existe uma classificação ascendente no Corpo de Cristo onde os últimos são os primeiros e vice versa. Mesmo entre os ocupantes dos primeiros lugares e entre aqueles que foram marcados com títulos pomposos a diferença é funcional e não hierárquica. Isto só tem valor para empresas, associações, conglomerados financeiros e governos, onde quem ganha mais manda mais. O gráfico que mostra as atribuições de cada obreiro não tem a forma de um organograma, mas de um Corpo.
 
Sua importância para não é sinalizada pela posição ocupada neste organograma, onde aparecem nas partes mais altas, mas pelo tipo de serviço prestado ao Corpo. São avaliados pela forma como se encaixam e colaboram. 
 
Enquanto alguns órgãos distribuem o liquido vital, que é o sangue e outros o filtram, os responsáveis pela comunicação levam para o mundo exterior uma mensagem peculiar daquele corpo. 
 
No Corpo de Cristo todos foram chamado e cuidadosamente escolhido por Deus. Ninguém é mais chamado do que quem quer que seja. Quanto mais você empurrar e forçar a barra para ser o primeiro da fila, mais para o seu fim será empurrado. Esta regra é aurea para o Corpo, embora não o seja no reino dos homens, onde os primeiros são os primeiros e os últimos serão os últimos mesmo.
 
 
- Ubirajara Crespo
 
 
 
- Ubirajara Crespo
 

veja também