No Havaí Senado aprova união civil homossexual

No Havaí Senado aprova união civil homossexual

Atualizado: Segunda-feira, 21 Fevereiro de 2011 as 8:27

O Senado do Havaí aprovou um projeto de lei que legaliza a união civil para casais do mesmo sexo. A legislação foi aprovada por 18 votos a 5 e agora aguarda a assinatura do governador Neil Abercrombie.

Se assinado, o Havaí se tornará o sétimo estado a estender os mesmos direitos, benefícios, proteções e responsabilidades para casais do mesmo sexo em uma união civil.

Os oponentes da união das pessoas do mesmo sexo trabalham arduamente durante anos para preservar o casamento tradicional no Estado Aloha. Eles alegaram que uma medida que permite a união civil para casais do mesmo sexo prejudicaria a instituição do casamento e a vontade dos havaianos.

Em 1998 o povo votou a que o casamento é entre um homem e uma mulher com aprovação de 70% contra 30%.

Uma tentativa anterior para aprovar a lei do falhou quando a então governadora Linda Lingle vetou a medida.

Lingle, a primeira governadora republicana do Havaí, reconheceu a profundidade da emoção ligada à questão e observou como fundamental a instituição do casamento entre o homem e a mulher. Com isso, ela se recusou a permitir que um pequeno grupo de oficiais eleitos a tomar a decisão sobre união civil homossexual.

A atualmente medida está com o governador Abercrombie, se assinado, a medida entra em vigor 01 de janeiro de 2012.

veja também