No Pará, deputados estaduais aprovam projeto contra a homofobia

No Pará, deputados estaduais aprovam projeto contra a homofobia

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:29

O Pará pode ser o primeiro estado a punir atos homofóbicos como impedimento de doar sangue aos homossexuais, impedir acesso , ou constranger LGBTs em estabelecimentos comerciais, entre outros.

De autoria da deputada Bernadete Ten Caten (PT), o projeto que proíbe discriminação de qualquer cidadão em virtude de sua orientação sexual foi aprovado ontem por unanimidade pelos deputados estaduais.

Todos os presentes à sessão de ontem aderiram ao projeto, inclusive toda a bancada evangélica, após o deputado Martinho Carmona (PMDB), que é pastor da Igreja do Evangelho Quadrangular, apresentar emenda à matéria.

Carmona propôs que a proibição da discriminação por orientação sexual fosse expandida também às pessoas pelo credo que praticam, ou mesmo pela cor e raça. Todos os evangélicos presentes firmaram apoio à emenda e ao projeto em geral. Além do peemedebista, Raimundo Santos (PR) e Hilton Aguiar (PSC) também votaram com os outros deputados.

O acordo para aumentar o alcance da nova lei foi quem propiciou a unanimidade do projeto, colocando o parlamento paraense à frente de muitos outros que ainda não tiveram a ousadia de se posicionar contra a discriminação sexual.

A lei aguarda agora o sancionamento por parte do governador do Pará, Simão Jatene.

Por Pollyanna Mattos

Com informações do Diário do Pará

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições