Nos EUA, pastor de megaigreja ganha o equivalente a R$ 251 mil por ano

Nos EUA, pastor de megaigreja ganha o equivalente a R$ 251 mil por ano

Atualizado: Terça-feira, 1 Novembro de 2011 as 2:19

Pastor sênior de megaigreja americana ganha na média de US$ 147.000 por ano, o que equivale a R$ 250.920 ou a R$ 21 por mês, de acordo com levantamento publicado no site Good.

Trata-se da mesma média de salário de pastor das grandes igrejas evangélicas brasileiras, de acordo com informação de recente entrevista de Silas Malafaia.

No caso da denominação de Malafaia, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo, o pastor sênior, além do salário, ganha da igreja, casa, carro do ano, convênio médico para a família e pagamento da escola dos filhos.

Tanto nos Estados Unidos como no Brasil, o pastor que é “dono” da denominação ganha muito mais do que isso porque não se trata de um assalariado. O “dono” geralmente fixa o seu ganho.

A diferença é que as megaigrejas brasileiras – como a Universal – são maiores. Elas são nacionais, diferentemente das igrejas americanas, que são estaduais, na maioria.

Nos Estados Unidos, abaixo do pastor sênior está o pastor executivo, cujo salário anual médio é de US$ 96.000 (R$ 164.000).

Na hierarquia de salários, seguem-se o pastor de ensino (US$ 85.000 ou R$ 145.000), pastor associado (US$ 82.000 ou R$ 140.000), administrador (US$ 78.000 ou R$ R$ 133.000), responsável pela programação de cultos e eventos (US$ 75.000 ou R$ 128.000) e diretor financeiro ou contador (US$ 71.000 ou R$ 121.000).

A estrutura administrativa das megaempresas americanas é altamente profissionalizada e funciona como se fosse de uma empresa.

Com informação do site Good. Via Paulopes Weblog

veja também