Nossa integridade ou o valor da nossa oferta?

Nossa integridade ou o valor da nossa oferta?

Atualizado: Segunda-feira, 23 Setembro de 2013 as 9:09

ofertaLeitura Bíblica: Atos 5.1-11
[José] vendeu um campo que possuía, trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos (At 4.37).
 
Você já se questionou por que Ananias e Safira agiram conforme lemos hoje? O que os levou a mentir? Talvez eles buscassem notoriedade na comunidade cristã. Pouco antes do texto de hoje, lemos em Atos 2.44-45 e 4.32-36 que a igreja em seu início colocava o amor em prática, compartilhando seus bens. Muitos cristãos vendiam suas propriedades e levavam o dinheiro aos apóstolos, para que estes ajudassem os menos favorecidos. O escritor de Atos chega a dizer que não havia necessitados entre eles (At 4.34). Ele também conta que um tal José, chamado Barnabé, entregou todo dinheiro resultante da venda de uma propriedade (veja o versículo em destaque).
 
Esse era o contexto em que viviam Ananias e Safira. Talvez eles tenham pensado que tinham de fazer o mesmo que os outros – senão, o que diriam deles? Que não eram generosos? Quiseram fazer a doação, mas acharam que não era necessário entregar todo o dinheiro. Quem, além deles, ficaria sabendo que tinham retido uma “comissão” pela venda? Ficar com uma parte não foi seu erro, pois nada os obrigava a dar 100% do valor. O problema é que eles tentaram enganar a Deus. Ananias mentiu ao fazer a doação e o Senhor, que conhece todas as coisas, revelou a Pedro o engano. Safira ainda teve a chance de reconhecer a mentira, mas decidiu que a fidelidade ao marido era mais importante do que a verdade. A punição dos dois foi exemplar, e os outros cristãos devem ter entendido a lição: não há como enganar a Deus. Ele não quer o dinheiro das pessoas, e sim um coração íntegro e dedicado a ele.
 
Lendo a trágica história deste casal, achei interessante o fato da doação de José ter sido mencionada exatamente antes. Um exemplo positivo, de verdadeiro amor ao próximo e a Deus. Pensando nisso, qual desses exemplos você vai seguir? – VWR
 
Deus está mais interessado na nossa integridade que no valor das nossas ofertas.
 

veja também